São Paulo F.C



Os gols de Rogério Ceni contra o Palmeiras

Rival é a vítima preferida do Maior Goleiro Artilheiro do Mundo

1-) São Paulo 4 X 4 Palmeiras

Torneio: Campeonato Paulista
Data: 18/4/99

No eletrizante empate com oito gols, o goleiro Rogério Ceni balançou as redes do adversário pela primeira vez na carreira. Aos 37 minutos do segundo tempo, o camisa 1 deixou sua marca de pênalti. Marcos era o goleiro.

 

2-) São Paulo 2 x 2 Palmeiras

Torneio: Rio-São Paulo
Data: 27/4/2002

Em novo empate, desta vez pelo Torneio Rio-São Paulo, Rogério Ceni marcou um gol no empate por 2 a 2. Foi de falta, logo aos cinco minutos da etapa inicial. Foi um dos três gols que o são-paulino marcou na história da competição. Marcos era o goleiro.

 

3-) Palmeiras 0 x 3 São Paulo

Torneio: Campeonato Paulista
Data: 22/2/2005

No ano de ouro para Rogério Ceni, o São Paulo venceu o Palmeiras por 3 a 0 no Paulistão. De falta, aos 30 do etapa final, o goleiro contribuiu com o resultado. A vítima desta vez foi Sérgio.

 

4-) São Paulo 2 x 0 Palmeiras

Torneio: Libertadores
Data: 25/5/2005

No mesmo ano, Ceni repetiria a dose em cima do rival. Desta vez pela Libertadores. Na oportunidade, ele marcou de pênalti um dos gols no triunfo por 2 a 0 que garantiu o Tricolor nas quartas de final da competição. Marcos era o goleiro.

 

5-) São Paulo 2 x 1 Palmeiras

Torneio: Libertadores
Data: 3/5/2006

Mais um gol decisivo de Rogério Ceni em cima do Palmeiras. Na Libertadores de 2006, o goleiro desempatou a partida no Morumbi. Aos 42 do segundo tempo, ele marcou de pênalti e garantiu a vitória por 2 a 1. Resultado que deu a classificação ao Tricolor. Sérgio era o goleiro.

 

6-) São Paulo 3 x 1 Palmeiras

Torneio: Campeonato Paulista
Data: 1/4/2007

Quando Rogério marca, o São Paulo não perde para o Palmeiras. Também foi assim no Paulistão de 2007. No triunfo por 3 a 1, o camisa 1 fez um gol de pênalti, aos 44 do primeiro tempo. O jovem Diego Cavalieri estava na meta palmeirense.

 

7-) Palmeiras 2 x 2 São Paulo

Torneio: Campeonato Brasileiro
Data: 19/10/2008

O gol que fez do Palmeiras a maior vítima do goleiro tricolor. No Brasileirão de 2008, Rogério deixou sua marca de pênalti no Palestra Itália e chegou ao sétimo gol no Choque-Rei. Seu amigo Marcos foi novamente o goleiro.