São Paulo F.C



Sem escala: do aeroporto para o CT da Barra Funda

Calleri retorna ao Brasil após viagem para a Argentina e já aprimora a forma física nesta segunda (13)

Liberado pela comissão técnica na noite do último sábado (11), momentos antes de a bola rolar no duelo com o Atlético-PR (1 x 2), no Morumbi, após receber a notícia sobre o falecimento de seu melhor amigo, o atacante Jonathan Callari retornou ao Brasil nesta segunda-feira (13) e seguiu direto do Aeroporto Internacional de Guarulhos para o Centro de Treinamento da Barra Funda.

O camisa 12, que pôde acompanhar o funeral na Argentina, desembarcou na capital paulista nesta manhã e já aprimorou a forma física ao rever os companheiros, que tinham acabado de finalizar os trabalhos da reapresentação e já deixavam o local. Sob os cuidados do preparador Bruno Militano, o centroavante fez uma série de exercícios físicos, que contou com corrida no gramado e movimentação com alternância de velocidade e direção.

No último final de semana, ao saber sobre o acidente fatal, o goleador pediu para viajar para a Argentina e foi substituído por Alan Kardec no confronto disputado no Estádio Cícero Pompeu de Toledo pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Agora, de volta, o jogador poderá integrar novamente as atividades comandadas pelo técnico Edgardo Bauza – que conversou com o atleta nesta segunda – já a partir desta terça-feira (14).

Com 12 gols marcados na temporada, Calleri é o artilheiro do Tricolor no ano. Além disso, após balançar as redes oito vezes, o atacante são-paulino lidera o ranking dos goleadores da Libertadores da América de 2016. Vale lembrar que o São Paulo se prepara para receber o Vitória na próxima quarta-feira (15), às 19h30 (de Brasília), no Morumbi, pela oitava rodada da competição nacional.