São Paulo F.C



'Treinamento alemão' fecha o dia

Muricy comandou mais uma atividade com bola para aprimorar a parte técnica dos atletas

Diversificando as atividades com bola no Centro de Treinamento da Barra Funda durante a pré-temporada de 2015 para aprimorar a parte técnica dos jogadores, Muricy Ramalho promoveu um 'treinamento alemão' na tarde desta terça-feira (13) para encerrar as atividades de hoje. Divididos em três times (amarelo, azul e vermelho), com muito calor na capital paulista, os atletas também puderam aproveitar o treino para aprimorar a forma física.

No 'treino alemão', duas equipes se enfrentam, enquanto uma fica esperando. O time que está atacando tem de fazer o gol, enquanto o outro tem de retomar posse de bola e passar rapidamente do meio de campo. Quem atingir o objetivo enfrenta o adversário que aguarda do outro lado do gramado. Dinâmico, o exercício fez com que os comandados de Muricy trocassem passes rapidamente e exigissem marcação mais firme do rival.

Vale lembrar que, pela manhã, divididos em pequenos grupos de seis jogadores cada, os atletas tinham que disputar o tradicional 'bobinho' em duplas. O treino também aprimorou a forma física dos comandados de Muricy, que contaram com a supervisão dos preparadores Zé Mário e Sérgio Rocha.

Depois, em campo reduzido e com todos os jogadores divididos em três times - branco, laranja e vermelho, além de Ewandro, de amarelo, que atuou como curinga - os atletas tinham que cumprir algumas missões, como tabelar sempre ofensivamente e evitar os passes para trás. Depois, para deixar o trabalho ainda mais veloz, os jogadores podiam dar apenas um toque na bola para encerrar o treino da manhã.

Também pela tarde, enquanto os atletas de linha realizavam o treinamento alemão, o preparador Haroldo Lamounier fez os arqueiros Rogério Ceni, Denis, Renan Ribeiro e Léo trabalharem com a bola nos pés. Utilizando cones para criar adversidades entre as tabelas, os goleiros são-paulinos também suaram a camisa no treino.

Por fim, supervisionados pelo fisioterapeuta Betinho, o zagueiro Lucão e o versátil Rodrigo Caio trabalharam no campo. A dupla correu em volta do gramado e fez uma atividade com mudanças de velocidade e direção. Rodrigo Caio se recupera após sofrer uma grave lesão no joelho esquerdo em agosto de 2014, enquanto Lucão sofreu uma fratura no pé esquerdo após choque acidental no duelo contra o Internacional (1 x 1), no dia 12 de novembro.



Assuntos relacionados: Treino