São Paulo F.C



Fernandinho vibra com centenário: "Estou na história"

Camisa 12 conta que Rogério Ceni agradeceu pelo lance diante do Corinthians, no último domingo

0460.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net - Fernandinho em ação diante do Corinthians

O atacante Fernandinho entrou para a história do São Paulo. Afinal, ele foi o responsável por Rogério Ceni bater a falta do centésimo gol. No lance, o camisa 12 são-paulino recebeu a bola de Carlinhos, tirou Chicão da jogada até ser derrubado pelo volante Ralf. Naquele momento, ele já sabia:

"Fernandinho está na história de Rogério Ceni. Eu estou na história", gaba-se o atacante.

No dia seguinte ao centenário do goleiro, os papéis se inverteram. No CT da Barra Funda, Rogério Ceni agradeceu ao companheiro pela falta sofrida. O atacante sabe da importância do fato e é só elogios ao camisa 1 do Tricolor, um grande ídolo da torcida são-paulina.

"É um privilégio muito grande fazer parte desta história. Um momento histórico e Deus me escolheu para isso. Ele bateu a falta com perfeição. Além de um grande goleiro, o Rogério é um dos principais batedores do Brasil. ", ressaltou o camisa 12.

"Ele (Rogério)  veio falar comigo e agradeceu pela falta. Me disse que vou entrar para o livrinho da história. Mas sou eu que tenho de agradecer por fazer parte deste grande momento", completou o são-paulino, que chegou ao clube paulista no ano passado.

Com bastante alegria, Fernandinho relembra com exatidão do lance.

"Quando dominei a bola, eu virei para o zagueiro e logo veio o pensamento do centésimo na minha cabeça. Vi que ali era um bom lugar para o Rogério bater a falta. Fui para cima do adversário e recebi a falta", concluiu Fernandinho, que poderá contar para filhos, netos e amigos que sofreu a falta centenária.