São Paulo F.C



São Paulo reencontra adversário de 1992

Na campanha da primeira conquista da Libertadores, Tricolor enfrentou o Criciúma quatro vezes

1992libertadores.jpg

Por Arquivo Histórico SPFC - Formação campeã da América: Em pé: Ivan, Adilson, Zetti, Cafu, Ronaldão e Antônio Carlos. Abaixados: Müller, Palhinha, Pintado, Raí e Elivélton.

Adversário do São Paulo na noite desta quinta-feira (5), no Morumbi, o Criciúma é um velho rival do Tricolor. Apesar de poucos confrontos entre os clubes (foram apenas 14), quatro são especiais para a torcida são-paulina. Na vitoriosa campanha da Libertadores da América de 1992, que resultou na primeira conquista continental do clube, paulistas e catarinenses se enfrentaram quatro vezes.

Na fase de grupos, foram dois confrontos. No primeiro, no Estádio Heriberto Hülse, os anfitriões venceram por 3 a 0. Já no Morumbi, com gols de Raí, Palhinha, Elivélton e Müller, o Tricolor goleou por 4 a 0 e seguiu firme para as oitavas de final do torneio internacional. Após avançar nas oitavas de final, São Paulo e Criciúma se encontraram novamente nas quartas de final.

No confronto de ida, na capital paulista, Macedo marcou o gol solitário da partida que terminou com vitória são-paulina, por 1 a 0. Na volta, em Santa Catarina, Palhinha anotou o tento tricolor e o duelo terminou empatado, por 1 a 1. Após eliminar os catarinenses, o Tricolor passou por Barcelona-EQU e Newell's Old Boys-ARG para chegar ao então inédito título da Libertadores.

E se enfrentar o Criciúma traz boas recordações ao clube, o retrospecto no Morumbi é favorável. Em seis confrontos contra o Tigre, foram seis triunfos (14 gols marcados e apenas três sofridos). No histórico do embate entre os times, a vantagem também é do São Paulo. Em 14 partidas, foram sete vitórias, quatro empates e três derrotas (19 gols marcados e 13 sofridos).