São Paulo F.C



Na despedida do Morumbi da Copa América, Colômbia vence Catar por 1 a 0

Os 24.762 torcedores viram a seleção sul-americana disparar na liderança do grupo B da competição

O Estádio do Morumbi recebeu, na noite desta quarta-feira (19), a última partida da Copa América 2019 realizada na casa são-paulina. A seleção colombiana enfrentou a equipe do Catar e venceu por um 1 a 0, gol de Zapata, para um público total de 24.762 torcedores.

No primeiro tempo, de muita marcação no meio de campo, a Colômbia teve um gol anulado por impedimento logo no começo da partida e as melhores chances da etapa. No fim dos 45 minutos, contudo, o zero não foi alterado no placar.

A etapa final foi bem distinta da primeira, com boas oportunidades desperdiçadas por ambos os lados. O time colombiano se postou com mais intensidade na linha ofensiva, pressionando os asiáticos a todo tempo, o que abriu espaço para contra-ataques catarianos.

Aos 40 minutos, a pressão surtiu efeito e Zapata, de cabeça, marcou um belo gol, colocando a seleção sul-americana à frente na contagem. 1 a 0 foi o resultado final, que deixou a Colômbia isolada na liderança do grupo B da competição, com seis pontos. O Catar segue com um ponto, empatado com o Paraguai, na segunda posição.

O estádio são-paulino já havia recebido a abertura da competição, com a vitória do Brasil sobre a Bolívia por 3 a 0, no último dia 14, e também o confronto entre Chile e Japão, com vitória dos primeiros por 4 a 0.  

A próxima partida no Morumbi será pelo Campeonato Brasileiro, no clássico contra o Palmeiras, dia 13 de julho, às 19h.

 

COLÔMBIA 1 X 0 CATAR

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 19 de junho de 2019, quarta-feira
Horário: 18h30 (de Brasília)

Colômbia: Ospina; Medina (Santiago Arias), Davinson Sánchez, Mina e Tesillo; Barrios, Uribe e Cuadrado (Falcao Garcia); James Rodríguez, Zapata e Martínez (Luis Díaz)
Técnico: Carlos Queiroz

Gols: Zapata, 40/2.

Catar: Al-Sheeb, Pedro Miguel, Hisham, Salman e Hassan; Madibo, Khoukhi, Al-Haydos (Ahmad) e Hatem (Karim Boudiaf); Akram Afif e Almoez Abdulla
Técnico: Félix Sánchez

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Luis Murillo (VEN) e Nicolas Tarán (URU)
VAR: Jesús Valenzuela (VEN)
Cartões amarelos: Uribe (COL); Madibo, Hassan, Pedro Miguel, Akram Afif (CAT)
Público: 22.079 pagantes, 2.683 não pagantes; 24.762 total
Renda: R$ 5.385.300,00