São Paulo F.C



Morumbi, a casa de Lugano no Brasil

Ídolo uruguaio se despediu como atleta do Tricolor em uma tarde de domingo, mas as noites de quarta-feira estarão sempre na memória de todo são-paulino

Diante de 60 mil torcedores no último domingo (3), na rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro de 2017, Lugano se despediu como atleta da torcida tricolor em mais um capítulo emocionante de sua vitoriosa trajetória pelo clube.

Da chegada da delegação ao apito final, assim como foi em todo este período no seu retorno ao São Paulo, o camisa 5 contou com o carinho da torcida são-paulina e foi ovacionado. No símbolo do clube, após a partida, o uruguaio foi saudado pelos torcedores pela última vez e então se dirigiu aos vestiários.

“A torcida são-paulina estará sempre comigo, na eternidade, e ficou para trás apenas a minha etapa como jogador do clube. O vínculo e a gratidão só começam. Levarei o São Paulo no meu coração, e acredito que o São Paulo lembrará sempre de mim”, afirmou o jogador.

Lugano sempre se entregou pelo Tricolor e nunca mediu esforços para estar com a equipe mesmo nos momentos mais difíceis. O reconhecimento, além das arquibancadas, veio de todos os profissionais envolvidos com o clube: membros da comissão técnica, diretoria e jogadores fizeram questão de agradecer e parabenizar o zagueiro pela forma honrosa como sempre lutou pelo time.

“Concluí uma etapa que, naturalmente, um dia iria terminar. Por isso, saio com uma tranquilidade imensa no coração, com a sensação do dever cumprido e que me deixa pleno. Este momento, até difícil para descrever com as palavras, traz a certeza de que não ficou nada para trás. Foi tudo, sempre, com muito coração pelo São Paulo”, revelou.

Já nos vestiários, ao lado dos filhos Nicolas, Thiago e Bianca, o ídolo uruguaio recolheu os seus pertences da mesma maneira como fez no CT da Barra Funda: calmamente e com atenção em todos os detalhes para aproveitar o momento. Com forma de recordação, Lugano levou a sua placa do vestiário para casa.

Somando as duas passagens pelo São Paulo, o uruguaio disputou 95 jogos no Morumbi: 62 vitórias, 20 empates e 13 derrotas (72% de aproveitamento). Dos 13 gols do zagueiro, nove saíram diante da torcida tricolor. Entre os momentos marcantes em casa, a final da Libertadores de 2005, sem dúvida, é especial para o torcedor ao lembrar de Lugano.

Como atleta, Lugano se despediu do Tricolor em uma emocionante tarde de domingo. Mas as noites de quarta-feira estarão sempre na memória de todo são-paulino...