São Paulo F.C



Feito inédito no Tricolor: artilharias das principais competições nacionais

Luciano e Brenner foram os goleadores máximos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil

0854.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

A temporada 2020 terminou com um feito inédito na história são-paulina: dois jogadores do Tricolor alcançaram os postos de maiores artilheiros do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, simultaneamente: Luciano foi o principal goleador do Campeonato Brasileiro, com 18 gols (ao lado de Claudinho, do Red Bull Bragantino); e Brenner foi o artilheiro da Copa do Brasil, com seis gols (junto a Léo Gamalho, do CRB; Nenê, do Fluminense e Rodolfo, do América-MG).

Em anos anteriores, o Tricolor possuiu o artilheiro do Brasileirão em quatro oportunidades (Pedro Rocha, 1972; Careca, 1986; Müller, 1987; e Luís Fabiano, 2020), mas em nenhuma dessas vezes liderou também o ranking de gols da Copa do Brasil (apenas Luís Fabiano havia sido o principal goleador de uma edição da competição pelo São Paulo, em 2012).

Em toda a história, é apenas a terceira vez que um clube detém os artilheiros das duas principais competições nacionais brasileiras (Em 2015 e 2018, o Santos fez o mesmo).

Confira, abaixo, todos os artilheiros de competições da história do São Paulo e o ranking de jogadores com mais artilharias obtidas:

 

Campeonato Paulista

  • 1933 - 21 gols: Waldemar de Brito
  • 1938 - 13 gols: Elyseo
  • 1944 - 22 gols: Luizinho
  • 1949 - 24 gols: Friaça
  • 1956 - 16 gols: Zezinho
  • 1970 - 13 gols: Toninho Guerreiro
  • 1972 - 17 gols: Toninho Guerreiro
  • 1975 - 22 gols: Serginho
  • 1977 - 32 gols: Serginho
  • 1985 - 23 gols: Careca
  • 1991 - 20 gols: Raí
  • 1995 - 20 gols: Bentinho
  • 1997 - 19 gols: Dodô
  • 1998 - 12 gols: França
  • 2000 - 18 gols: França
  • 2003 - 08 gols: Luís Fabiano
  • 2014 - 09 gols: Luís Fabiano
  • 2017 - 09 gols: Gilberto

Campeonato Brasileiro

  • 1972 - 17 gols: Pedro Rocha
  • 1986 - 25 gols: Careca
  • 1987 - 10 gols: Müller
  • 2002 - 19 gols: Luís Fabiano
  • 2020 - 18 gols: Luciano

Copa do Brasil

  • 2012 - 08 gols: Luís Fabiano
  • 2020 - 06 gols: Brenner

Torneio Rio-São Paulo

  • 1933 - 33 gols: Waldemar de Brito
  • 1958 - 12 gols: Gino Orlando
  • 1998 - 05 gols: Dodô
  • 2001 - 06 gols: França
  • 2002 - 19 gols: França

Copa dos Campeões

  • 2000 - 03 gols: Marcelinho Paraíba
  • 2001 - 07 gols: Luís Fabiano

Mundial de Clubes

  • 1992 - 02 gols: Raí
  • 1993 - 01 gol: Palhinha
  • 1993 - 01 gol: Toninho Cerezo
  • 1993 - 01 gol: Müller
  • 2005 - 02 gols: Amoroso

Copa Libertadores da América

  • 1972 - 07 gols: Toninho Guerreiro
  • 1974 - 07 gols: Terto
  • 1974 - 07 gols: Pedro Rocha
  • 1992 - 07 gols: Palhinha
  • 2004 - 08 gols: Luís Fabiano
  • 2006 - 05 gols: Aloísio
  • 2016 - 09 gols: Calleri

Copa Conmebol

  • 1994 - 05 gols: Juninho

Copa Master Conmebol:

  • 1996 - 04 gols: Almir

Recopa Sul-Americana

  • 1994 - 01 gol: Leonardo
  • 1994 - 01 gol: Guilherme
  • 1994 - 01 gol: Euller

Copa de Ouro Sul-Americana

  • 1995 - 01 gol: Palhinha

 

Ranking de artilharias:

  • 1º Luís Fabiano, 6 - 2001, 2002, 2003, 2004, 2012, 2014
  • 2º França, 4 - 1998, 2000, 2001, 2002
  • 3º Palhinha 3 - 1992, 1993, 1995
  • 3º Toninho Guerreiro, 3 - 1970, 1972 (2)
  • 5º Careca, 2 - 1985, 1986
  • 5º Dodô, 2 - 1997, 1998
  • 5º Serginho Chulapa, 2 - 1975, 1977
  • 5º Pedro Rocha, 2 - 1972, 1974
  • 5º Müller, 2 - 1987, 1993
  • 5º Raí, 2 - 1991, 1992
  • 5º Waldemar de Brito, 2 - 1933 (2)