São Paulo F.C



O São Paulo na Copa do Mundo de 1954

Quatro jogadores do Tricolor defenderam o Brasil na competição

1954-historia.jpg

Por A história ilustrada do futebol brasileiro - volume III - Em 1954, o Brasil foi eliminado na "Batalha de Berna"

Em 1954, a Copa realizada na Suíça levou novamente grandes defensores do Tricolor: Bauer, na segunda participação dele, Alfredo Ramos e Mauro, o zagueiro que oito anos depois ergueria a Taça Jules Rimet na conquista do bicampeonato mundial da Seleção Brasileira. Maurinho, ponta, também representou o Tricolor naquela edição. 

O CENÁRIO

A primeira Copa do Mundo realizada na Europa após a segunda guerra mundial não poderia encontrar melhor lugar para ser sediada que não a Suíça. Neutro e de difícil acesso, o país não tomou parte nos confrontos. Além disso, por ser pequeno em área, facilitava os gastos com transportes e viagens das seleções.

Depois do insucesso na Copa de 1950, o Brasil pela primeira vez teve que disputar uma eliminatória para chegar ao Mundial (venceu os quatro jogos contra Chile e Paraguai), mas chegou à Suíça com o moral um pouco recuperado: Havia conquistado o primeiro torneio internacional oficial dois anos antes, o Campeonato Pan-Americano, no Chile.

As equipes favoritas ao título, entretanto, eram o Uruguai, que nunca havia perdido um jogo de Copa do Mundo, e a Hungria, então campeã olímpica.

O regulamento dessa edição foi um tanto esdrúxulo: Os quatro grupos, de quatro seleções cada, tinham dois cabeças de chaves e eles não se enfrentariam. Ou seja, as seleções só realizariam dois jogos na primeira fase.

OS JOGADORES

mauro.png
Mauro foi um dos quatro tricolores na Copa do Mundo da Suíça

Em 1954, a FIFA instituiu a "Lista de 40", uma relação com 40 jogadores pré-selecionados para a Copa do Mundo. No dia 29 de abril, o técnico Zezé Moreira divulgou os convocados e entre eles estavam cinco jogadores do Tricolor: De Sordi, Mauro, Alfredo Ramos, Maurinho e Bauer, o capitão da Seleção Brasileira. Todos eles haviam sido, recentemente, campeões paulistas (1953).

Essa relação não garantia inscrição na Copa, contudo. Dos cinco são-paulinos chamados, somente De Sordi não foi registrado no Mundial. Dos que permaneceram, Mauro e Alfredo Ramos não chegaram a disputar alguma partida, ficando no banco. O zagueiro Mauro ainda era jovem e teria outras Copas pela frente. Já para Alfredo Ramos, essa havia sido a única oportunidade. O jogador ambidestro defendeu o Tricolor em 322 partidas e marcou um único gol.

Maurinho, ponta direita, somente jogou a partida das quartas de final, contra a Hungria. No Tricolor, ele conquistou também o Paulistão de 1957 e disputou, ao todo, 347 partidas, marcando 136 gols.

E Bauer, claro, como capitão que era, guiou o Brasil nos três confrontos que realizou naquela Copa do Mundo.

As camisas de cada jogador foram: Bauer, 6; Mauro, 15; Alfredo Ramos, 13; Maurinho, 17. 

A CAMPANHA

No grupo 1, o Brasil começou a Copa do Mundo goleando o México por 5 a 0 (dois gols de Pinga. Baltazar, Didi e Julinho marcaram os demais), no dia 16 de junho. Três dias depois, empatou com a Iugoslávia em 1 a 1 (gol de Didi) em um jogo peculiar. Ao fim da partida, os brasileiros, um tanto alheios ao regulamento, achavam que o resultado teria eliminado o time.

Durante o jogo, a Seleção buscou a vitória desesperadamente, enquanto que os iugoslavos pediam calma aos brasileiros. Acontece que, graças ao novo regulamento, os cabeças de chaves não se enfrentariam na primeira fase. Assim, o Brasil não jogaria contra a França, e como os azuis já haviam perdido para os iugoslavos, o empate garantiria classificação às duas equipes.

Depois de lágrimas corridas à toa, o Brasil entrou em campo pelas quartas de final, no dia 27 de junho, contra a favorita Hungria. A seleção do leste europeu vinha de vitórias por 9 a 0 e 8 a 3 sobre a Coréia do Sul e Alemanha Ocidental.

Os brasileiros, posteriormente, reconheceram que o que mais dificultou a seleção naquela partida foi o terror da véspera, tamanha a pressão que a fama do time de Puskas e companhia imputava aos adversários.

A Seleção Brasileira perdeu por 4 a 2 (gols de Djalma Santos e Julinho), mesmo com o adversário jogando sem o principal jogador deles (Puskas ficou no banco). Ter sofrido os dois gols iniciais com menos de 8 minutos de jogo demonstrou que o preparo físico dos húngaros também foi fator decisivo no confronto (a Hungria já entrava em campo suada, pelo aquecimento que fazia antes das partidas - tal prática ainda era desconhecida pelos brasileiros).

A partida posteriormente ficou conhecida como "A Batalha de Berna" (cidade onde foi realizada), por uma briga ocorrida nos vestiários entre brasileiros e húngaros após Maurinho ter ido cumprimentar um adversário e ser mal interpretado.  

A DELEGAÇÃO

  • Chefe: Dr. João Lyra Filho;
  • Congressistas: Dr. José Maria Castello Branco, Dr. Henrique Barbosa e Dr. Sotero Cosme;
  • Diretor-tesoureiro: Gastão Labharte da Silva;
  • Tesoureiro-funcionário: Irineu Rodrigues Chaves;
  • Coordenador Técnico de Futebol da CBD: Alfredo Curvello;
  • Técnico: Alfredo Moreira Junior (Zezé Moreira);
  • Médico: Dr. Newton Paes Barreto;
  • Massagista: Mário Américo;
  • Roupeiro: Aloísio Oliveira;
  • Cozinheiro: Laudelino Oliveira.

OS INSCRITOS

[GL] Cabeção (Luis Moraes) Sport Club Corinthians Paulista (SP)
[GL] Castilho (Carlos José Castilho) Fluminense Football Club (RJ)
[GL] Veludo (Caetano Silva) Fluminense Football Club (RJ)
[DF] Djalma Santos (Dejalma dos Santos) Associação Portuguesa de Desportos (SP)
[DF] Mauro (Mauro Ramos de Oliveira) São Paulo Futebol Clube (SP)
[DF] Nílton Santos (Nílton dos Santos) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[DF] Paulinho (Paulo de Almeida Ribeiro) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[DF] Pinheiro (João Carlos Batista Pinheiro) Fluminense Football Club (RJ)
[MC] Alfredo Ramos (Alfredo Ramos Castilho) São Paulo Futebol Clube (SP)
[MC] Bauer (José Carlos Bauer) São Paulo Futebol Clube (SP)
[MC] Antenor (Antenor Lucas) Associação Portuguesa de Desportos (SP)
[MC] Dequinha (José Mendonça dos Santos) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[MC] Ely (Ely do Amparo) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[AT] Baltazar (Oswaldo da Silva) Sport Club Corinthians Paulista (SP)
[AT] Didi (Waldir Pereira) Fluminense Football Club (RJ)
[AT] Humberto Tozzi (Humberto Barbosa Tozzi) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[AT] Índio (Aloísio Francisco da Luz) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[AT] Julinho Botelho (Júlio Botelho) Associação Portuguesa de Desportos (SP)
[AT] Maurinho (Mauro Raphael) São Paulo Futebol Clube (SP)
[AT] Pinga (José Lázaro Robles) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[AT] Rodrigues (Francisco Rodrigues) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[AT] Rubens (Rubens Josué da Costa) Clube Regatas do Flamengo (RJ)

OS INSCRITOS POR CLUBE REVELADOR E NÚMERO DE CAMISA

  1. GL Castilho (Carlos José Castilho) Olaria-RJ
  2. DF Djalma Santos (Dejalma dos Santos) Portuguesa-SP
  3. DF Nílton Santos (Nílton dos Santos) Botafogo-RJ
  4. MC Antenor (Antenor Lucas) Campinas-1-SP
  5. DF Pinheiro (João Carlos Batista Pinheiro) Americano-RJ
  6. MC Bauer (José Carlos Bauer) São Paulo-SP
  7. AT Julinho Botelho (Júlio Botelho) Juventus-SP
  8. MC Didi (Waldir Pereira) Americano-RJ
  9. AT Baltazar (Oswaldo da Silva) Jabaquara-SP
10. AT Pinga (José Lázaro Robles) Portuguesa-SP
11. AT Rodrigues (Francisco Rodrigues) Ypiranga-SP
12. DF Paulinho (Paulo de Almeida Ribeiro) Internacional-RS
13. MC Alfredo Ramos (Alfredo Ramos Castilho) Santos-SP
14. MC Ely (Ely do Amparo) América-RJ
15. DF Mauro (Mauro Ramos de Oliveira) São Paulo-SP
16. MC Dequinha (José Mendonça dos Santos) Atlético de Mossoró-RN
17. AT Maurinho (Mauro Raphael) Guarani-SP
18. AT Humberto Tozzi (Humberto Barbosa Tozzi) Coqueiros-RJ
19. AT Índio (Aloísio Francisco da Luz) Bangu-RJ
20. MC Rubens (Rubens Josué da Costa) Ypiranga-SP
21. GL Veludo (Caetano Silva) Fluminense-RJ
22. GL Cabeção (Luis Moraes) Corinthians-SP

FORA, NA RELAÇÃO DE 40 NOMES

[GL] Osvaldo Baliza (Osvaldo Alfredo da Silva) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[DF] De Sordi (Nilton de Sordi) São Paulo Futebol Clube (SP)
[DF] Gérson (Gérson dos Santos) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[DF] Píndaro (Píndaro Possidente Marconi) Fluminense Football Club (RJ)
[MC] Salvador (Milton Alves da Silva) Sport Club Internacional (RS)
[MC] Servílio (José Lucas Servílio) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[AT] Ademir de Menezes (Ademir Marques de Menezes) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[AT] Alvinho (Álvaro Moreira Filogônio) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[AT] Benê (Benedito Lucio dos Santos) Bonsucesso Futebol Clube (RJ)
[AT] Escurinho (Benedito Custódio Ferreira) Fluminense Football Club (RJ)
[AT] Garrincha (Manoel dos Santos) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Joel (Joel Antônio Martins) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[AT] Menezes (Antônio Menezes) Bangu Athletic Club (RJ)
[AT] Nívio (Nívio Gabrich) Bangu Athletic Club (RJ)
[AT] Sarcinelli (Artêmio Sarcinelli) São Cristóvão de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Walter Marciano (Walter Marciano de Queiroz) Santos Futebol Clube (SP)
[AT] Vavá (Edvaldo Izídio Neto) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[AT] Vinícius (Luís Vinícius de Menezes) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)

CLUBES COM MAIS JOGADORES NESSA EDIÇÃO DA COPA

Sangju Sangmu-CRS 18
Rapid Wien-AUT 11
Peñarol-URU 9
Nacional-URU 8
Honvéd-HUN 7
Dukla Praha-RTC 7
Fenerbahçe-TUR 7
Internazionale-ITA 6
Galatasaray-TUR 6
Stade de Reims-FRA 6
20º São Paulo-SP 4

CLUBES COM MAIS GOLS NESSA EDIÇÃO DA COPA

Honvéd-HUN 18
Peñarol-URU 15
Rapid Wien-AUT 8
Lobogó-HUN 8
Kaiserslautern-ALE 7
Basel-SUI 6
Nürnberg-ALE 6
Austria Wien-AUT 5
Fenerbahçe-TUR 5
10º Grasshopper-SUI 4
10º Rot-Weiss Essen-ALE 4
10º Siegen-ALE 4

CLUBES DOS ARTILHEIROS NESSA EDIÇÃO DA COPA

Kocsis (Sándor Kocsis Péter) Honvéd-HUN 11 HUN
Probst (Erich Probst) Rapid Wien-AUT 6 AUT
Max Morlock (Maximilian Morlock) Nürnberg-ALE 6 ALE
Hügi (Josef Hügi) Basel-SUI 6 SUI
Schäfer (Hans Schäfer) Siegen-ALE 4 ALE
Rahn (Helmut Rahn) Rot-Weiss Essen-ALE 4 ALE
Walter (Ottmar Kurt Herrmann Walter) Kaiserslautern-ALE 4 ALE
Ferenc Puskás (Ferenc Purczeld Bíró) Honvéd-HUN 4 HUN
Hidegkúti (Nándor Hidegkúti) Lobogó-HUN 4 HUN
Ballaman (Robert Ballaman) Grasshopper-SUI 4 SUI
Borges (Carlos Ariel Borges Dalasso) Peñarol-URU 4 URU

RANKING GERAL DE JOGADORES POR CLUBES: 1930-1954

Nacional-URU 24
Peñarol-URU 24
Slavia Praha-RTC 23
Internazionale-ITA 21
Rapid Wien-AUT 20
Botafogo-RJ 19
Juventus-ITA 19
Grasshopper-SUI 18
Vasco da Gama-RJ 18
Sangju Sangmu-CRS 18
19º São Paulo-SP 12

RANKING GERAL DE GOLS POR CLUBES: 1930-1954

Peñarol-URU 32
Honvéd-HUN 18
Vasco da Gama-RJ 17
Nacional-URU 10
Servette-SUI 10
Sparta Praha-RTC 9
Ferencvárosi-HUN 9
Flamengo-RJ 9
Rapid Wien-AUT 9
10º Huracán-ARG 8
10º Fluminense-RJ 8
10º Lobogó-HUN 8
85º São Paulo-SP 1

**Os nomes dos clubes, em todas as passagens, foram atualizados para aqueles que utilizam nos dias de hoje para facilitar a compreensão.