São Paulo F.C



A Copa do Mundo de Leônidas da Silva

Em 1938, o Diamante Negro foi o artilheiro do Mundial

leonidas.jpg

Por A história ilustrada do futebol brasileiro - volume III - Um dos gols de Leônidas da Silva na Copa de 1938

O Tricolor não contou com jogadores na Copa do Mundo de 1938. Recém-reorganizado, em 1935, o São Paulo ainda engatinhava, buscando novamente se estabelecer como um grande clube do futebol brasileiro.

Contudo, Argemiro, Hércules e Luizinho eram os ex são-paulinos na disputa. Todos eles tricolores até o aliciamento de 1934 ou o fechamento temporário do clube, em 1935.

O que certamente vale apresentar, entretanto, é a história de Leônidas da Silva nessa Copa do Mundo. O Diamante Negro, quatro anos depois dessa atuação sem precedentes, foi contratado pelo Tricolor e transformou o São Paulo Futebol Clube.

O JOGADOR

04-leonidas.png

Maior jogador do Brasil até o surgimento de Pelé, Leônidas da Silva era um atleta veloz, extremamente técnico e que possuía ótima impulsão e elasticidade, característica que lhe rendeu o seu segundo apelido mais famoso: Homem Borracha - criado pelo jornalista francês Raymond Thourmagem, da revista Paris Match justamente durante a Copa do Mundo de 1938.

Tradicionalmente é considerado pelos cronistas nacionais como o inventor da bicicleta - fato controverso, pois teria realizado o movimento pela primeira vez em 1932. Se não inventou, certamente imortalizou e consagrou a jogada. Leônidas da Silva jogou futebol de 1930 a 1950, passando por São Cristóvão, Sírio Libanês, Sul América, Bonsucesso, todos do Rio de Janeiro, Peñarol (Uruguai), Vasco da Gama, SC Brasil, também carioca, Botafogo, Flamengo e, por fim, São Paulo.

Defendeu a Seleção Brasileira com extremo sucesso entre 1932 e 1946, pela qual disputou duas Copas do Mundo, sendo inclusive artilheiro de uma delas. Poderia ter disputado outras duas Copas, enquanto defendia a camisa tricolor, mas a 2ª Guerra Mundial impediu a realização das edições de 1942 e 1946.

Foi contratado pelo São Paulo junto ao Flamengo, em 1942, na transação mais cara da história do futebol sul-americano até então, no valor de 200 contos de réis (em valores convertidos e corrigidos, aproximadamente 195 mil reais).

Por causa de sua idade e tempo sem jogar, os rivais contavam piadas dizendo que o Tricolor tinha comprado um bonde por 200 contos. A história, hoje, ri. Pelo São Paulo, Leônidas foi pentacampeão paulista (1943, 1945, 1946, 1948 e 1949), marcando 144 gols em 212 jogos.

A CAMPANHA

A Copa do Mundo de 1938, realizada na França, seguiu os moldes da anterior e adotou o sistema eliminatório simples, desde a primeira fase. Nessa, o Brasil enfrentou a Polônia, em Strasbourg, no dia 5 de junho. Um grande jogo que terminou empatado no tempo normal em 4 a 4, com vitória brasileira na prorrogação por 6 a 5.

Leônidas marcou três gols na primeira partida. O tento inicial e os mais importantes, os dois gols no decorrer da prorrogação. Tinha estrela, tanta, que um dos gols é atribuído que tenha feito descalço, após perder a chuteira em um lance.

Até a FIFA adotar cobranças de pênaltis após o fim da prorrogação do tempo regulamentar como critério imediato de desempate de partidas, em meados dos anos 70, o que acontecia em situações assim era repetir a disputa do jogo. E foi o que aconteceu nas quartas de final da Copa do Mundo de 1938.

A Seleção Brasileira enfrentou a Tchecoslováquia no dia 12 de junho, em Bordeaux, e empatou em 1 a 1, com gol dele, Leônidas da Silva. Sem alteração no score durante a prorrogação, o jeito foi enfrentar novamente a seleção eslava no dia 14. Desta vez, vitória brasileira por 2 a 1, novamente com um gol do Diamante Negro, o primeiro do time no jogo. Leônidas, terminada a partida, teve de deixar o campo carregado, extenuado.

Sem condições de jogar, na única partida em todo o Mundial em que o craque não esteve em campo, o Brasil perdeu. Na semifinal, jogada em Marseille, no dia 16 de junho, a seleção brasileira perdeu para a italiana por 2 a 1. Era o fim do sonho do título, mas não da Copa do Mundo. Leônidas, recuperado, ainda marcou 2 gols na decisão de terceiro e quarto lugares, contra a Suécia (4 a 2), em Bordeaux, no dia 18.

Leônidas da Silva, o maior jogador brasileiro antes de Pelé, não pôde ser campeão do mundo pela Seleção Brasileira, mas regressou ao país com a medalha de bronze no peito e o título de artilheiro da maior competição de futebol do mundo, com 7 gols.

A DELEGAÇÃO

  • Chefe: Dr. José Maria Castello Branco;
  • Técnico: Adhemar Pimenta;
  • Tesoureiro: Irineu Rodrigues Chaves;
  • Secretário: Dr. Célio Negreiros de Barros;
  • Jornalistas: Afrânio Vieira e Everardo Lopes;
  • Locutor: Leonardo Gagliano Netto;
  • Médicos: Dr. José Maria Castello Branco e Dr. Álvaro Lopes Cansado;
  • Massagista: Carlos Volante (contratado na França).

OS INSCRITOS

[GL] Batatais (Algisto Lorenzato) Fluminense Football Club (RJ)
[GL] Walter (Walter de Souza Goulart) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[DF] Domingos da Guia (Domingos Antônio da Guia) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[DF] Jahu (Euclydes Barbosa) Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)
[DF] Machado (Arthur Machado) Fluminense Football Club (RJ)
[DF] Nariz (Álvaro Lopes Cançado) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[MC] Affonsinho (Affonso Guimarães da Silva) São Cristóvão de Futebol e Regatas (RJ)
[MC] Argemiro (Argemiro Pinheiro da Silva) Associação Atlética Portuguesa (SP)
[MC] Brandão (José Augusto Brandão) Sport Club Corinthians Paulista (SP)
[MC] Britto (Hermínio Américo de Britto) América Football Club (RJ)
[MC] Martim Silveira (Martim Mércio da Silveira) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[MC] Zezé Procópio (José Procópio Mendes) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Hércules (Hércules de Miranda) Fluminense Football Club (RJ)
[AT] Leônidas (Leônidas da Silva) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[AT] Lopes (José dos Santos Lopes) Sport Club Corinthians Paulista (SP)
[AT] Luizinho (Luiz Mesquita de Oliveira) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[AT] Niginho (Oswaldo Leonídio Fantoni) Società Sportiva Lazio (ITA)
[AT] Patesko (Rodolfo Barteczko) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Perácio (José Perácio Berjum) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Roberto (Roberto Emílio da Cunha) São Cristóvão de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Romeu (Romeu Pellicciari) Fluminense Football Club (RJ)
[AT] Tim (Elba de Pádua Lima) Fluminense Football Club (RJ)

OS INSCRITOS POR CLUBE REVELADOR

GL Batatais (Algisto Lorenzato) Batatais-SP
GL Walter (Walter de Souza Goulart) Andarahy-RJ
DF Domingos da Guia (Domingos Antônio da Guia) Bangu-RJ
DF Jahu (Euclydes Barbosa) Scarpa-SP
DF Machado (Arthur Machado) Portuguesa-SP
DF Nariz (Álvaro Lopes Cançado) Atlético-MG
MC Affonsinho (Affonso Guimarães da Silva)  - não encontrado - 
MC Argemiro (Argemiro Pinheiro da Silva) Rio Preto-SP
MC Brandão (José Augusto Brandão) Barra Funda-SP
MC Britto (Hermínio Américo de Britto) Corinthians-SP
MC Martim Silveira (Martim Mércio da Silveira) Guarany de Bagé-RS
MC Zezé Procópio (José Procópio Mendes) Villa Nova-MG
AT Hércules (Hércules de Miranda) Juventus-SP
AT Leônidas (Leônidas da Silva) São Cristóvão-RJ
AT Luizinho (Luiz Mesquita de Oliveira) Paulistano-SP
AT Niginho (Oswaldo Leonídio Fantoni) Cruzeiro-MG
AT Patesko (Rodolfo Barteczko) Palestra Itália-PR
AT Perácio (José Perácio Berjum) Villa Nova-MG
AT Roberto (Roberto Emílio da Cunha) Flamengo-RJ
AT Romeu (Romeu Pellicciari) São João de Jundiaí-SP
AT Tim (Elba de Pádua Lima) Botafogo de RP-SP
AT Lopes (José dos Santos Lopes) Batatais-SP

PRÉ-CONVOCADOS

[GL] Thadeu (Thadeu Bogurrawski Filho) América Football Club (RJ)
[DF] Juvenal (Juvenal Santilo) América Futebol Clube (MG)
[MC] Del Nero (José Del Nero) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[MC] Fausto (Fausto dos Santos) Clube Regatas do Flamengo (RJ)
[MC] Geninho (Nome completo desconhecido) Villa Nova Atlético Clube (MG)
[AT] Caxambu (Waldomiro Jammal) São Cristóvão de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Plácido (Plácido de Assis Monsores) América Football Club (RJ)
[GL] Jurandyr (Jurandyr Correia dos Santos) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[DF] Carnera (Domingos Spitaletti) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[DF] Junqueira (José Junqueira de Oliveira) Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)
[AT] Carvalho Leite (Carlos Antônio Dobbert de C. L.) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)

CORTADOS NA PRÉ-CONVOCAÇÃO

[AT] Álvaro (Álvaro Gonçalves da Rocha) Botafogo de Futebol e Regatas (RJ)
[AT] Waldemar de Brito (Waldemar de Brito) Clube Regatas do Flamengo (RJ)

CLUBES COM MAIS JOGADORES NESSA EDIÇÃO DA COPA

Slavia Praha-RTC 10
Grasshopper-SUI 9
Ferencvárosi-HUN 8
Koninklijke Beerschot-BEL 8
Sparta Praha-RTC 7
MTK Budapest-HUN 7
Centro Gallego-CUB 7
Lyn-NOR 7
Rapid Bucureşti-ROM 6
10º Ripensia Timişoara-ROM 5
10º Botafogo-RJ 5
10º Újpesti-HUN 5
10º Internazionale-ITA 5
10º Servette-SUI 5
10º Fluminense-RJ 5

CLUBES COM MAIS GOLS NESSA EDIÇÃO DA COPA

Flamengo-RJ 7
Sleipner-SUE 7
Ferencvárosi-HUN 6
Lazio-ITA 5
Újpesti-HUN 5
Sparta Praha-RTC 4
Servette-SUI 4
Ruch Chorzów-POL 4
Triestina-ITA 4
10º Ripensia Timişoara-ROM 3
10º Fluminense-RJ 3
10º Botafogo-RJ 3
10º Iberia-CUB 3
10º IFK Göteborg-SUE 3

CLUBES DOS ARTILHEIROS NESSA EDIÇÃO DA COPA

Leônidas (Leônidas da Silva) Flamengo-RJ 7 BRA
György Sárosi (György Stefancsics) Ferencvárosi-HUN 5 HUN
Zsengellér (Gyula Zsengellér) Újpesti-HUN 5 HUN
Piola (Silvio Piola) Lazio-ITA 5 ITA
Gino Colaussi (Luigi Colausig) Triestina-ITA 4 ITA
Wilimowski (Ernest Otton Wilimowski) Ruch Chorzów-POL 4 POL
Perácio (José Perácio Berjum) Botafogo-RJ 3 BRA
Romeu (Romeu Pellicciari) Fluminense-RJ 3 BRA
Socorro (Héctor Socorro) Iberia-CUB 3 CUB
Trello Abegglen III (André Abegglen) Servette-SUI 3 SUI
Nyberg (Arne Nyberg) IFK Göteborg-SUE 3 SUE
Wetterström (Gustav Wetterström) Sleipner-SUE 3 SUE
Andersson (Harry Andersson) Sleipner-SUE 3 SUE

RANKING GERAL DE JOGADORES POR CLUBES: 1930-1938

Slavia Praha-RTC 23
Botafogo-RJ 17
Ripensia Timişoara-ROM 14
Ferencvárosi-HUN 14
Grasshopper-SUI 14
Sparta Praha-RTC 13
Újpesti-HUN 12
Nacional-URU 11
Juventus-ITA 11
10º Daring Club de Bruxelles-BEL 10
10º Fluminense-RJ 10
10º Internazionale-ITA 10
10º Servette-SUI 10
10º MTK Budapest-HUN 10
62º São Paulo-SP 4

RANKING GERAL DE GOLS POR CLUBES: 1930-1938

Sparta Praha-RTC 9
Ferencvárosi-HUN 9
Flamengo-RJ 9
Huracán-ARG 8
Nacional-URU 8
Servette-SUI 7
Sleipner-SUE 7
Fluminense-RJ 6
Juventus-ITA 5
Slavia Praha-RTC 5
Lazio-ITA 5
Újpesti-HUN 5

**Os nomes dos clubes, em todas as passagens, foram atualizados para aqueles que utilizam nos dias de hoje para facilitar a compreensão.