São Paulo F.C



A vitoriosa trajetória de Cicinho, em imagens, pelo Tricolor

Relembre em fotos a passagem marcante do lateral-direito pelo São Paulo

No estádio onde viveu tantos momentos marcantes, Cicinho anunciou o término de sua carreira como jogador nesta terça-feira (6) durante entrevista coletiva no Morumbi. E para resgatar tantos capítulos emocionantes na trajetória do lateral-direito pelo Tricolor, o site oficial do clube traz em imagens a vitoriosa passagem do ala pelo clube.

Com Cicinho na equipe, o São Paulo ganhou mais uma estrela no uniforme e marcou uma geração de tricolores nas memoráveis conquistas da Libertadores e do Mundial, em 2005. Além dos troféus, o lateral eternizou o seu nome no clube com gols, atuações decisivas em clássicos e várias premiações individuais.

Somadas as duas passagens pela equipe são-paulina, foram 151 partidas: 88 vitórias, 29 empates, 34 derrotas e 21 gols marcados - com destaque especial aos anotados contra o Palmeiras, durante a campanha histórica na Libertadores da América de 2005, nas oitavas de final.

“Meu sonho era jogar no São Paulo. Quando joguei três anos no Atlético-MG, poderia ir para a Rússia por um caminhão de dinheiro, ou jogar no São Paulo. Optei por ter vindo jogar aqui. Realizei o sonho de jogar no São Paulo e me sinto realizado”, revela.

A relação de Cicinho com o Tricolor começou em 2004, após despertar o interesse do clube com atuações destacadas pelo Atlético-MG. Com a camisa do São Paulo, em sua primeira passagem (2004 e 2005), Cicinho jogou 126 partidas (74 vitórias, 25 empates e 27 derrotas) e marcou 21 gols.

Seu último jogo antes de seguir para o futebol europeu foi na vitória sobre o Liverpool-ING por 1 a 0, na grande final do Mundial. Depois de quatro anos fora do país com passagens por Real Madrid-ESP e Roma-ITA, o lateral-direito voltou ao São Paulo em fevereiro de 2010 - por empréstimo junto aos italianos até o dia 30 de junho.

Na ocasião, avançou com o Tricolor até a semifinal da Libertadores daquele ano e vestiu o manto são-paulino pela última vez no dia 6 de junho, na vitória sobre o Grêmio por 3 a 1, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Mesmo após deixar o clube, nunca escondeu o seu amor pelo São Paulo e demonstrou isso publicamente inúmeras vezes. A história de Cicinho com o Tricolor rendeu capítulos especiais que estão marcadas na memória do torcedor.