São Paulo F.C



Enciclopédia: Seleções Estrangeiras

O Tricolor também forneceu atletas estrangeiros para competições de seleções

Ao longo do tempo, o São Paulo Futebol Clube também serviu serviu seleções estrangeiras com grandes jogadores para competições internacionais oficias, e não somente à Seleção Brasileira. 

A primeira vez que o Tricolor abasteceu um outro selecionado que não o local foi em 1974, quando Pedro Rocha e Pablo Forlán representaram o São Paulo e o Uruguai na Copa do Mundo de 1974. Na competição mais importante do futebol o feito ainda se repetiu em 1986, com Darío Pereyra, também na Celeste; em 1998, com Aristizábal, pela Colômbia e em 2014, mais uma vez com um atleta entre os portenhos orientais, Alvaro Pereira. Em 2006, o equatoriano Reasco já era atleta do Mais Querido, mas fora convocado para a competição antes dessa filiação.

Os últimos tricolores a disputarem campeonatos oficiais pelas seleções dos países deles foram Calleri (convocado enquanto atleta do clube, mas na realização do evento já não mais o era), pela Argentina nos Jogos Olímpicos e Mena, pelo Chile na Copa América. O mesmo que ocorreu com Reasco, em 2006, se deu com Cueva na Copa América de 2016. O peruano já possuía vínculo com o São Paulo naquela participação, mas foi levado ao torneio com uma convocação pelo Toluca, do México.

Cueva pode ainda, contudo, representar o Tricolor na próxima Copa do Mundo, na Rússia, em 2018.

Veja, abaixo, todos os atletas estrangeiros que participaram de competições oficiais dos países deles enquanto detinham algum vínculo com o São Paulo:

 

COPA DO MUNDO

  • 1974: Pedro Rocha (Uruguai)
  • 1974: Pablo Forlán (Uruguai)
  • 1986: Darío Pereyra (Uruguai)
  • 1998: Victor Aristizábal (Colômbia)
  • 2006: Neicer Reasco (Equador)*
  • 2014: Alvaro Pereira (Uruguai)

Reasco não foi convocado como atleta do São Paulo, mas no período da competição já detinha contrato com o Tricolor.

 

JOGOS OLÍMPICOS

  • 2000: Claudio Maldonado (Chile)
  • 2016: Jonatan Calleri (Argentina)*

Calleri foi convocado para o torneio enquanto atleta do São Paulo, porém já não era mais jogador do clube durante o evento.

 

COPA AMÉRICA

  • 1989: Roberto Rojas (Chile)
  • 1995: Jose Sierra (Chile)
  • 1997: Victor Aristizábal (Colômbia)
  • 1999: Hector Carabalí (Equador)
  • 2001: Claudio Maldonado (Chile)
  • 2004: Alexander Rondón (Venezuela)
  • 2007: Neicer Reasco (Equador)
  • 2016: Eugenio Mena (Chile)
  • 2016: Christian Cueva (Peru)*

Cueva não foi convocado como atleta do São Paulo, mas no período da competição já detinha contrato com o Tricolor.