São Paulo F.C



10 tabus quebrados em uma única noite

A vitória de virada do Tricolor para cima do Santos na última quarta-feira (15) rendeu feitos históricos

1866.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Na noite de ontem (15), com um gol de Cueva e dois gols de Luiz Araújo, o São Paulo venceu o Santos de virada, por 3 a 1, em uma Vila Belmiro destituída de torcedores tricolores por imposição das autoridades. Se, por um lado, o são-paulino não pôde acompanhar de perto a grande partida realizada pelo time do coração, por outro, foi dormir feliz e sossegado pelo fim de um tabu meio chato.

Desde 25 de outubro de 2009, o Tricolor não vencia o Santos na casa do rival. Naquela ocasião, os gols de Hernanes (de falta), Washington, Jorge Wagner e Rogério Ceni (novamente de falta, em um lance em que o time adversário inteiro se postou dentro da área e nove jogadores se alinharam na barreira), definiram a vitória são-paulina por 4 a 3. Curiosamente, também de virada.

Contudo, a vitória pelo Paulista 2017 não representou somente o fim desse tabu. Alguns feitos realizados e fatos encontrados na última partida puseram fim a outras sequências históricas que perduravam há alguns anos ou mesmo há décadas!

Confira, abaixo, todos os tabus esmigalhados com a vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o Santos na noite de ontem:

 

TABUS QUEBRADOS - UM POR UM


  • UM ANO (EXATAMENTE 613 DIAS): Três vitórias são-paulinas consecutivas

Embora oficialmente o Tricolor tenha obtido três vitórias seguidas em 2016, considerando a atuação do time sub-20 na disputa da Copa Paulista – torneio profissional oficial –, se considerarmos somente os jogos do time principal e não levarmos em conta qualquer série de jogos que comece em uma temporada e termine na abertura de outra, o São Paulo não vencia três partidas consecutivas (Moto Club, Ponte Preta e Santos) há quase dois anos. A última sequência fora obtida entre 3 de junho e 13 de junho de 2015. Na época, os são-paulinos venceram, em ordem, o Santos por 3 a 2, o Grêmio por 2 a 0 e a Chapecoense por 1 a 0. Todas as partidas válidas pelo Brasileirão.

 

  • CINCO ANOS (EXATAMENTE 2145 DIAS). Derrota do Santos na Vila Belmiro em jogo do Paulistão

O Santos não perdia uma partida válida pelo Campeonato Paulista na Vila Belmiro há quase seis anos. Até o Tricolor vencer o time santista, ontem, os rivais não conheciam derrota em casa desde 3 de abril de 2011, quando perderam por 1 a 0 para o Palmeiras, ainda na primeira fase da competição. A série invicta durou 45 jogos e teve fim com a expressiva atuação de Luiz Araújo, Cueva, Gilberto...

 

  • SETE ANOS (EXATAMENTE 2670 DIAS): Uma vitória do Tricolor sobre o Santos na Vila Belmiro

A última vitória do São Paulo sobre o time praiano nos domínios do rival havia sido, antes de ontem, em 25 de outubro de 2009, por 4 a 3, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Detalhe: também foi de virada.

 

  • SETE ANOS (EXATAMENTE 2670 DIAS): São-Paulino marcar um gol e realizar uma assistência pra gol na Vila Belmiro contra o Santos

Na vitória de ontem, Cueva marcou o primeiro gol do Tricolor e também deu passe para que Luiz Araújo marcasse. A última vez em que um tricolor havia feito “um duplo” contra o Santos na Vila Belmiro foi há quase oito anos, com Hernanes. O profeta marcou um golaço de falta aos 12 minutos do primeiro tempo, no ângulo, empatando o placar. E aos 38 minutos da mesma etapa cobrou um escanteio em que a bola resvalou em um defensor e sobrou para Washington marcar o segundo gol são-paulino no jogo.

 

  • NOVE ANOS (EXATAMENTE 3492 DIAS): Duas vitórias consecutivas de virada

Foi há quase dez anos que o São Paulo obteve duas vitórias de virada em jogos seguidos pela última vez – até repetir o feito ontem (lembrando: Ponte Preta e Santos). Nos dias 22 de julho e 26 de julho de 2007, o Tricolor saiu atrás no placar contra Cruzeiro e Sport, em jogos do Brasileirão, mas o time conseguiu contornar a desvantagem com gols de Breno e Hernanes, na primeira partida, e Leandro, Souza e Rogério Ceni (de falta), na segunda, vencendo por 2 a 1 e 3 a 1, respectivamente.

 

  • NOVE ANOS (EXATAMENTE 3524 DIAS): Vitória do São Paulo sobre o Santos por saldo de dois gols na Vila Belmiro

A última vitória são-paulina sobre o Santos, em Santos, por saldo superior a um gol foi há quase dez anos, quando Aloísio, de cabeça, e Dagoberto, definiram o placar a favor do Tricolor em partida realizada em 24 de junho de 2007 e válida pelo Brasileirão: 2 a 0!

 

  • QUATORZE ANOS (EXATAMENTE 5114 DIAS): Vitória do Tricolor sobre o Santos na Vila Belmiro em jogo do Campeonato Paulista

Raramente temos a chance de dizer que algo ocorreu EXATAMENTE há tantos anos. Pois bem, a última vitória do São Paulo sobre o Santos no campo do adversário em partidas do Paulistão havia ocorrido EXATAMENTE há 14 anos, pois no dia 15 de fevereiro de 2003, o Tricolor venceu o Santos por 2 a 1, com gols de Gustavo Nery e Luis Fabiano. E ontem, 15 de fevereiro de 2017, os tricolores repetiram o feito.

 

  • DEZENOVE ANOS (EXATAMENTE 7238 DIAS): Jogador são-paulino marcando dois gols na Vila Belmiro

A última vez que alguém com o manto tricolor havia anotado dois gols em solo santista, como o sucedido ontem por Luiz Araújo, foi em 23 de abril de 1997, há quase 20 anos. Curiosamente o feito pertence a um atleta que posteriormente também atuou pelo Santos: Dodô. Naquele dia, o São Paulo empatou em 2 a 2 a partida realizada pelo Paulistão.

 

  • CINQUENTA E NOVE ANOS (EXATAMENTE 21.640 DIAS): Atleta tricolor marcando dois gols na Vila em uma vitória

Os dois gols de Luiz Araújo na Vila Belmiro ajudaram o São Paulo a subir a serra com a vitória no bagageiro. A última vez que um são-paulino anotara dois tentos e trouxera consigo um resultado deste tipo, antes de ontem, foi há muito, muito tempo. Sério, muito tempo mesmo: 17 de novembro de 1957, quando o Tricolor arrasou o rival praiano, na própria casa, por 6 a 2, com dois gols de Canhoteiro e dois gols de Amaury. Maurinho e Zizinho também deixaram os deles e fecharam o caixão.

 

  • SETENTA E TRÊS ANOS (EXATAMENTE 26.820 DIAS): Vitória de virada do Tricolor sobre o Santos na Vila Belmiro com saldo superior a um gol

Na realidade, não fosse a goleada são-paulina ocorrida em 12 de setembro de 1943, em que o Tricolor bateu o alvinegro do litoral por 4 a 1 (Luizinho e Sastre, duas vezes cada) de virada, pelo Campeonato Paulista, a vitória de ontem teria sido algo inédito. Somente nessas duas ocasiões o São Paulo derrotou o Santos, no Urbano Caldeira, após começar perdendo e aplicando ao time vencido uma vantagem superior a um gol.