São Paulo F.C



Histórico: Premiações

O Tricolor e jogadores do clube também são destaques nas principais premiações do futebol nacional ao longo do tempo

mito_09.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net - Rogério Ceni é o maior recordista em premiações do clube

No Brasil, são duas as principais premiações do futebol, ambas referentes ao Campeonato Brasileiro. A primeira, mais tradicional, é a Bola de Prata, criada pela Revista Placar em 1970 (e atualmente mantida pela ESPN Brasil), ainda para a disputa do Troféu Roberto Gomes Pedrosa. A premiação mais recente, chamada de Craque do Brasileirão, é da CBF e foi criada em 2005. 

Nas duas premiações o São Paulo é recordista e tem, na figura de Rogério Ceni, o principal ganhador. Confira os números abaixo:

 

Os clubes mais premiados no tradicional "Bola de Prata", da Revista Placar

P. Clube H.C. Ouro Prata Artilheiro Revelação Total
São Paulo 0 5 56 3 0 64
Atlético Mineiro 0 3 43 5 1 52
Internacional 0 4 41 3 0 48
Corinthians 0 4 43 0 0 47
Cruzeiro 0 4 39 1 0 44
Santos 2 5 29 7 1 44
Palmeiras 0 3 41 0 0 44
Flamengo
0 5
33
4
0
42
Vasco da Gama
0 3
29
6
0
38
10º Grêmio 0 3 30 4 0 37

Convém dizer que o prêmio "artilheiro" só foi instituído em 1975, e o São Paulo teria uma premiação a mais caso tivesse sido criado antes, pois Pedro Rocha foi artilheiro da competição em 1972 e não foi agraciado com o justo prêmio nem retroativamente.

 

Os jogadores mais vezes premiados no Bola de Prata

P. Jogador H.C. Ouro Prata Artilheiro Revelação Total
Zico 0 2 5 2 0 9
Rogério Ceni 0 1 6 0 0 7
Júnior 0 1 5 0 0 6
Renato Gaúcho 0 1 5 0 0 6
Túlio Maravilha 0 0 3 3 0 6
Falcão 0 2 3 0 0 5
Toninho Cerezo 0 2 3 0 0 5
Figueroa 0 1 4 0 0 5
Ricardo Rocha 0 1 4 0 0 5
10º Careca 0 1 3 1 0 5

Como se vê, Rogério Ceni foi premiado em mais edições do torneio do que Zico (6 contra 5), pesando contra o goleiro uma bola de ouro a menos e duas de artilheiro. Apesar de também ser goleador, é até injusta essa comparação com o M1TO. Fred também tem cinco bolas de prata (3 como artilheiro), mas nenhuma de ouro, logo no desempate não figura entre os dez primeiros.

 

Os clubes mais vezes premiados no Craque do Brasileirão da CBF

P. Clube Craque Seleção Técnico Galera Revelação Artilheiro Total
São Paulo 3 18 3 2 1 0 27
Corinthians 2 18 1 0 1 0 22
Fluminense 2 11 2 3 0 3 21
Atlético Mineiro* 0 14 0 1 1 2 19
Cruzeiro 2 13 2
0 0 0 17
Palmeiras 2 12 1 0 1 0 16
Flamengo 0 11 1 2 0 1 15
Santos 1 6 0 0 1 3 11
Vasco da Gama 0 4 1 2 0 1 8
Grêmio 0 7 0 0 0 1 8

Atlético MG também possui um prêmio de "melhor estrangeiro". 

 

Os jogadores mais vezes premiados no Craque do Brasileirão

P. Jogador Craque Seleção Galera Revelação Artilheiro Total
Rogério Ceni 2 2 2 0 0 6
Fred 1
2 0 0 3 6
Dedé
0 4 1 0 0 5
Diego Souza
1 3 0 0 1 5
Éverton Ribeiro
2
2
0 0 0 4
Hernanes
1 3 0 0 0 4
Neymar
1 3 0 0 0 4
Conca 1 1 2 0 0 4
Miranda 0 4 0 0 0 4
Marcos Rocha
0 4 0 0 0 4

*E como técnico, Muricy Ramalho é o lídero do ranking, com cinco premiações de melhor treinador, sendo três dessas como como técnico do São Paulo (2006-2008)

 

RELAÇÃO DE PREMIAÇÕES DE JOGADORES DO SÃO PAULO 

Bola de Ouro (Revista Placar)

  • 1975 - Waldir Peres (goleiro)
  • 1986 - Careca (atacante)
  • 1989 - Ricardo Rocha (zagueiro)
  • 2002 - Kaká (meio-campista)
  • 2008 - Rogério Ceni (goleiro)

Bola de Prata (Revista Placar)

  • 1973 - Pedro Rocha (centro-avante)
  • 1973 - Mirandinha (atacante)
  • 1975 - Waldir Peres (goleiro)
  • 1981 - Darío Pereyra (zagueiro)
  • 1981 - Marinho Chagas (lateral-esquerdo)
  • 1981 - Paulo César (centro-avante)
  • 1983 - Darío Pereyra (zagueiro)
  • 1985 - Careca (atacante)
  • 1986 - Gilmar (goleiro)
  • 1986 - Darío Pereyra (zagueiro)
  • 1986 - Nelsinho (lateral-esquerdo)
  • 1986 - Bernardo (volante)
  • 1986 - Pita (meio-campista)
  • 1986 - Careca (atacante)
  • 1986 - Careca (artilheiro)
  • 1987 - Müller (artilheiro)
  • 1989 - Gilmar (goleiro)
  • 1989 - Ricardo Rocha (zagueiro)
  • 1989 - Raí (meio-campista)
  • 1989 - Bobô (meio-campista)
  • 1991 - Ricardo Rocha (zagueiro)
  • 1991 - Leonardo (lateral-esquerdo)
  • 1992 - Cafu (lateral-direito)
  • 1993 - Cafu (lateral-direito)
  • 1994 - Pavão (lateral-direito)
  • 1997 - Zé Carlos (lateral-direito)
  • 2000 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2002 - Fábio Simplício (volante)
  • 2002 - Kaká (meio-campista)
  • 2002 - Luís Fabiano (artilheiro)
  • 2003 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2003 - Luís Fabiano (atacante)
  • 2004 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2004 - Diego Lugano (zagueiro)
  • 2004 - Rodrigo (zagueiro)
  • 2005 - Cicinho (lateral-direito)
  • 2005 - Diego Lugano (zagueiro)
  • 2005 - Mineiro (volante)
  • 2006 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2006 - Ilsinho (lateral-direito)
  • 2006 - Fabão (zagueiro)
  • 2006 - Mineiro (volante)
  • 2006 - Aloísio (atacante)
  • 2007 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2007 - Breno (zagueiro)
  • 2007 - Richarlyson (volante)
  • 2007 - Hernanes (volante)
  • 2008 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2008 - André Dias (zagueiro)
  • 2008 - Miranda (zagueiro)
  • 2008 - Hernanes (volante)
  • 2008 - Borges (atacante)
  • 2009 - André Dias (zagueiro)
  • 2009 - Miranda (zagueiro)
  • 2010 - Miranda (zagueiro)
  • 2012 - Lucas (atacante)
  • 2014 - Rafael Toloi (zagueiro)
  • 2014 - Paulo Henrique Ganso (meio-campista)
  • 2015 - Rogério Ceni (homenagem "Conjunto da Obra)

Chuteira de Ouro (Revista Placar)

  • 2003 - Luís Fabiano (atacante)

Craque do Brasileirão (CBF/Clube dos Treze)

  • 2005 - Rogério Ceni (goleiro) - prata
  • 2005 - Cicinho (lateral-direito) - prata
  • 2005 - Diego Lugano (zagueiro) - ouro
  • 2005 - Mineiro (volante) - prata
  • 2006 - Rogério Ceni (goleiro) - ouro
  • 2006 - Rogério Ceni (craque da competição) - ouro
  • 2006 - Souza (lateral-direito) - ouro
  • 2006 - Ilsinho (lateral-direito) - prata
  • 2006 - Fabão (zagueiro) - ouro
  • 2006 - Mineiro (volante) - ouro
  • 2006 - Josué (volante) - prata
  • 2006 - Danilo (meio-campo) - bronze
  • 2006 - Aloísio (atacante) - prata
  • 2006 - Muricy Ramalho (técnico) - ouro
  • 2007 - Rogério Ceni (goleiro) - ouro
  • 2007 - Rogério Ceni (craque da competição) - ouro
  • 2007 - Rogério Ceni (craque da torcida) - ouro
  • 2007 - Breno (zagueiro) - ouro
  • 2007 - Breno (revelação) - ouro
  • 2007 - Miranda (zagueiro) - ouro
  • 2007 - Alex Silva (zagueiro) - prata
  • 2007 - Richarlyson (volante) - ouro
  • 2007 - Hernanes (volante) - ouro
  • 2007 - Jorge Wagner (meio-campo) - bronze
  • 2007 - Dagoberto (atacante) - prata
  • 2007 - Aloísio (atacante) - bronze
  • 2007 - Muricy Ramalho (técnico) - ouro
  • 2008 - Rogério Ceni (goleiro) - prata
  • 2008 - André Dias (zagueiro) - prata
  • 2008 - Miranda (zagueiro) - ouro
  • 2008 - Jean (revelação) - prata
  • 2008 - Hernanes (volante) - ouro
  • 2008 - Hernanes (craque da competição) - ouro
  • 2008 - Hernanes (craque da torcida) - bronze
  • 2008 - Muricy Ramalho (técnico) - ouro
  • 2009 - André Dias (zagueiro) - ouro
  • 2009 - Miranda (zagueiro) - ouro
  • 2009 - Hernanes (volante) - ouro
  • 2009 - Hernanes (craque da torcida) - bronze
  • 2010 - Miranda (zagueiro) - ouro
  • 2010 - Alex Silva (zagueiro) - prata
  • 2011 - Rhodolfo (zagueiro) - bronze
  • 2011 - Lucas (meio-campista) - bronze
  • 2011 - SÃO PAULO Futebol Clube - torcida de ouro
  • 2011 - Rogério Ceni (como homenageado)
  • 2012 - Lucas (meio-campista) - ouro
  • 2014 - Souza (volante) - ouro
  • 2014 - Rogério Ceni (craque da torcida) - ouro

Troféu Armando Nogueira (TV Globo)

  • 2009 - André Dias (zagueiro)
  • 2009 - Miranda (zagueiro)
  • 2010 - Alex Silva (zagueiro)
  • 2010 - Ricardo Oliveira (atacante)
  • 2011 - Rhodolfo (zagueiro)
  • 2011 - Casemiro (volante)
  • 2012 - Paulo Miranda (zagueiro)
  • 2012 - Luis Fabiano (atacante)

Troféu Mesa Redonda (TV Gazeta)

  • 2004 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2004 - Cicinho (lateral-direito)
  • 2004 - Diego Lugano (zagueiro)
  • 2005 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2005 - Rogério Ceni (melhor jogador)
  • 2005 - Diego Lugano (zagueiro)
  • 2005 - Mineiro (volante)
  • 2006 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2006 - Souza (lateral-direito)
  • 2006 - Miranda (zagueiro)
  • 2006 - Júnior (lateral-esquerdo)
  • 2006 - Mineiro (volante)
  • 2006 - Mineiro (melhor jogador)
  • 2006 - Aloísio (atacante)
  • 2006 - Muricy Ramalho (técnico)
  • 2007 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2007 - Rogério Ceni (Troféu Constantino Cury)
  • 2007 - Breno (zagueiro)
  • 2007 - Miranda (zagueiro)
  • 2007 - Richarlyson (volante)
  • 2007 - Hernanes (volante)
  • 2007 - Muricy Ramalho (técnico)
  • 2008 - Miranda (zagueiro)
  • 2008 - Hernanes (volante)
  • 2008 - Jorge Wagner (meio-campo)
  • 2008 - Borges (atacante)
  • 2008 - Muricy Ramalho (técnico)
  • 2009 - Miranda (zagueiro)
  • 2009 - Hernanes (volante)
  • 2012 - Lucas (meio-campo)
  • 2013 - Muricy Ramalho (homenagem)
  • 2014 - Kaká (meio-campo)

Chave de Melhor Jogador do Mundial (Toyota Cup)

  • 1992 - Raí (meio-campista)
  • 1993 - Toninho Cerezo (meio-campista)
  • 2005 - Rogério Ceni (goleiro)

Bola de Ouro de Melhor Jogador do Mundial de Clubes da FIFA

  • 2005 - Rogério Ceni (goleiro)

Chuteira de Ouro do Mundial de Clubes da FIFA

  • 2005 - Amoroso (2 gols)

Seleção da Copa Sul-Americana (Conmebol)

  • 2012 - Rafael Tolói (zagueiro)
  • 2012 - Jadson (meio-campista)
  • 2012 - Lucas (atacante)
  • 2012 - Ney Franco (técnico)

Melhor jogador da Final da Copa Sul-Americana (Conmebol)

  • 2012 - Lucas (atacante)

Rei da América (Jornal El País, Uruguai)

  • 1992 - Raí (meio-campista)
  • 1994 - Cafu (lateral-direito)

Jogadores do Time Ideal da América (Jornal El País, Uruguai)

  • 1986 - Careca (atacante)
  • 1992 - Cafu (lateral-direito)
  • 1992 - Raí (meio-campista)
  • 1993 - Cafu (lateral-direito)
  • 1993 - Müller (atacante)
  • 1994 - Cafu (lateral-direito)
  • 1995 - Cafu (lateral-direito)
  • 1997 - Denílson (meio-campista)
  • 2002 - Kaká (meio-campista)
  • 2004 - Cicinho (lateral-direito)
  • 2004 - Diego Lugano (zagueiro)
  • 2005 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2005 - Cicinho (lateral-direito)
  • 2005 - Diego Lugano (zagueiro)
  • 2006 - Rogério Ceni (goleiro)
  • 2006 - Fabão (zagueiro)

Técnico do Ano (Jornal El País, Uruguai)

  • 1992 - Telê Santana


Melhor Jogador do Mundo (FIFA)

  • 1993 (10º Colocado): Raí
  • 1995 (08º Colocado): Juninho

Melhor Goleiro do Mundo (IFFHS)

  • 1993 (05º Colocado): Zetti
  • 2005 (09º Colocado): Rogério Ceni
  • 2006 (06º Colocado): Rogério Ceni
  • 2007 (05º Colocado): Rogério Ceni
  • 2008 (11º Colocado): Rogério Ceni

Melhor Técnico do Mundo (IFFHS)

  • 2005 (07º Colocado): Paulo Autuori
  • 2006 (10º Colocado): Muricy Ramalho
  • 2008 (12º Colocado): Muricy Ramalho

 

PREMIAÇÕES DE ATLETAS DO CLUBE PELA SELEÇÃO BRASILEIRA 

Bola de Ouro do Mundial Sub-20 (FIFA)

  • 1985 - Silas (meio-campista)
  • 1995 - Caio (atacante)
  • 2011 - Henrique (atacante)

Chuteira de Ouro do Mundial Sub-20 (FIFA)

  • 2011 - Henrique (atacante)

Chuteira de Prata do Mundial Sub-20 (FIFA)

  • 1995 - Caio (atacante)

Chuteira de Bronze do Mundial Sub-20 (FIFA)

  • 1985 - Müller (atacante)

Chuteira de Bronze do Mundial Sub-17 (FIFA)

  • 2013 - Boschilia (meio-campista)

Bola de Ouro da Copa das Confederações (FIFA)

  • 1997 - Denílson (meio-campista)

Chuteira de Ouro da Copa do Mundo de Futebol Feminino (FIFA)

  • 1999 - Sissi (meio-campista)

 

GRANDES CONDECORAÇÕES INTERNACIONAIS 

Hall da Fama do Boxe (International Boxing Hall of Fame: Canastota, New York - Estados Unidos)

  • Éder Jofre, 1992

Maior "Peso Galo" de todos os tempos do Conselho Mundial de Boxe (World Boxing Council)

  • Éder Jofre, 2014

Hall da Fama do Atletismo

  • Adhemar Ferreira da Silva (póstumo), 2012.

Prêmio Laureus

  • Raí, 2012 (pelo projeto social "Gol de Letra").

Prêmio Belfort Duarte (CBD)

  • 1968 - Benê, à 17/09/1968