São Paulo F.C



15 anos da conquista do Paulista de 2000 e de um feito histórico

Na decisão, o M1TO se tornou o primeiro e único goleiro a fazer um gol em final de campeonato

Era dia 18 de junho de 2000, São Paulo e Santos, no Morumbi, final de Campeonato Paulista. Após vencer por 1 a 0, com gol de França, no Morumbi, o Tricolor Paulista dependia apenas de um empate para ser campeão. Foi quando, mais uma vez, Rogério Ceni marcou seu nome na história do futebol mundial.

Rogério, como de costume, fazia grandes defesas na partida, porém, aos 29 minutos do primeiro tempo, o lateral Baiano cruzou da direita, Dodô cabeceou e a bola desviou no são-paulino Belletti, abrindo o marcador para o Peixe.

Foram dez minutos de tensão, até que o M1TO posicionou a bola na entrada da área para a cobrança de uma falta. Com maestria, no ângulo, o camisa 01 empatou a partida.

"Plasticamente foi um dos mais bonitos da minha carreira. A bola bate no travessão, no chão e entra, sem bem encostar na rede. Foi um gol importante, tínhamos acabado de sofrer um  gol do Santos e jogávamos pelo empate. Lembro que foi ainda no primeiro tempo, mas nos trouxe tranquilidade para voltar para a segunda etapa rumo ao título daquele ano", relembrou Rogério.

No segundo tempo, Rincón entrou na área, driblou três jogadores do São Paulo e sofreu pênalti de Vágner. Ele mesmo cobrou e fez 2 a 1. O São Paulo empatou a partida aos 23 minutos, novamente em uma cobrança de falta. Marcelinho Paraíba cobrou também no ângulo e o goleiro Carlos Germano não conseguiu defender. 2 a 2, placar final da partida e mais um titulo para a galeria do São Paulo Futebol Clube, o vigésimo da história.

Com o gol assinalado na grande final do estadual, Rogério Ceni colocou seu nome mais uma vez na história do futebol. Desta vez, o feito foi ser o único goleiro do mundo a fazer um gol em final de campeonato. Não é à toa que é M1TO!