São Paulo F.C



Calleri: "Queria voltar para sentir novamente o carinho da torcida"

Atacante foi apresentado, recebeu a camisa 30 e afirmou que está mais experiente para reforçar o Tricolor

De volta ao Tricolor, Calleri foi apresentado nesta quarta-feira (8) no CT da Barra Funda e concedeu entrevista coletiva. Antes de atender a imprensa, o atacante recebeu as boas-vindas do Presidente Julio Casares, que gravou uma mensagem por vídeo.

“Um grande sonho, um grande anseio de todos nós. Calleri chegou e vai jogar com a camisa 30. Que ele tenha uma nova grande passagem pelo clube. Calleri, seja bem-vindo”, afirmou o dirigente são-paulino.

Na sequência, o diretor de futebol Carlos Belmonte desejou sorte ao centroavante argentino, que recebeu a camisa do São Paulo das mãos do diretor adjunto Fernando Bracalle. Então, Calleri revelou as expectativas sobre este retorno ao Tricolor.

“Estou muito feliz em voltar a vestir a camisa do São Paulo. Quero agradecer dirigentes e torcedores, que durante esses cinco anos que passaram sempre mandavam mensagens de carinho. Nunca se esqueceram de mim, e quero agradecer eles por me bancar todos esses anos. Quando estive aqui em 2016 tive uma média de gol alta, mas acredito que poderia ter feito mais. Hoje, sou outro tipo de jogador”, afirmou o jogador, que emendou.

“Antes, não pensava tanto no que eu faço, mas agora tenho mais experiência. Eu não joguei em nenhuma equipe grande, a última foi o São Paulo. Não é a mesma coisa jogar em um clube pequeno na Inglaterra ou na Espanha do que aqui, um time que se propõe a atacar. Estou feliz em voltar e acredito que era o momento”, disse.

Foram 16 gols em 31 partidas pelo Tricolor em 2016, obtendo a artilharia da Copa Conmebol Libertadores daquele ano, com uma campanha de destaque até as semifinais da principal competição do continente sul-americano.

“Recebi muito caminho na primeira passagem. Fiz gols importantes, que ficaram na memória de cada torcedor, mas hoje sou outro jogador. Tenho mais de 130 partidas na Europa e vou fazer 28 anos, então não sou o mesmo jogador de cinco anos atrás. As características são as mesmas, e acredito que posso acrescentar mais experiência para a equipe”, avaliou o atleta, que nunca escondeu o seu carinho pelo clube.

“É tratar de fazer as coisas bem outra vez, e que eu possa fazer o melhor para o clube, que é o mais importante. Coloquei na minha cabeça que queria voltar. Gosto de jogar aqui, por isso tomei essa decisão. É uma boa oportunidade tanto para o clube, como para mim. Voltar a sentir o carinho do torcedor, voltar a me sentir um jogador de futebol importante”, concluiu.

Emprestado pelo Deportivo Maldonado-URU, Calleri assinou um contrato válido até 31 de dezembro de 2022, com opção de compra.

CONFIRA ABAIXO A APRESENTAÇÃO DE CALLERI:



Assuntos relacionados: Calleri