São Paulo F.C



Miranda: "Foi uma noite brilhante, não perfeita"

Zagueiro reestreou pelo Tricolor e avaliou a vitória #MadeInCotia sobre o Guarani por 3 a 2

0063.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Após praticamente dez anos, Miranda reestreou pelo Tricolor na noite desta quarta-feira (14) e celebrou o seu retorno com a vitória #MadeInCotia sobre o Guarani por 3 a 2, no Morumbi, em duelo antecipado da nona rodada do Campeonato Paulista de 2021.

Para encarar os campineiros, a equipe não contou com os meio-campistas Gabriel Sara e Hernanes (dores musculares). Devido à maratona de partidas, a comissão técnica deixou alguns dos habituais titulares fora da partida: Tiago Volpi, Rodrigo Nestor e Reinaldo, além de Luciano, preservado após sentir dores no adutor esquerdo contra o Red Bull Bragantino (1 x 0), na última segunda-feira (12).

Desta forma, com oito jogadores revelados no CFA e com a reestreia de Miranda, além de escalar Benitez entre os titulares pela primeira vez, Hernán Crespo armou o time com Lucas Perri; Diego Costa, Miranda e Rodrigo; Galeano, Liziero, Talles Costa, Igor Gomes e Welington; Benitez e Vitor Bueno.

“Foi uma noite brilhante, não perfeita, porque o meu objetivo é entrar em campo e não sofrer gols. Mas, pelas circunstâncias, por tantos jogadores que não vinham atuando, conseguir a vitória da forma que foi é muito gratificante”, afirmou Miranda, que completou.

“Uma pena voltar pra casa depois de tanto tempo e não ter o calor da torcida, mas com certeza quem está assistindo pode acreditar que esforço não vai faltar pra gente fazer o São Paulo campeão novamente”, acrescentou o jogador tricampeão brasileiro pelo clube, em 2006, 2007 e 2008.

Com o resultado, o Tricolor se manteve na liderança isolada do Grupo B, agora com 16 pontos em sete partidas, e fez a trinca no torneio: já havia derrotado São Caetano (5 x 1) e Red Bull Bragantino (1 x 0) nos últimos dias.

O próximo compromisso do clube no torneio regional será diante do Palmeiras na próxima sexta-feira (16), às 22h, no Allianz Parque, em clássico válido pela quinta rodada.

 



Assuntos relacionados: Miranda