São Paulo F.C



Cuca analisa o clássico e projeta sequência da temporada

Treinador e jogadores comentaram o Majestoso deste domingo (26) pelo Brasileiro

6092.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Com um gol logo no começo do clássico, aos seis minutos do primeiro tempo, o Tricolor foi derrotado pelo Corinthians por 1 a 0 neste domingo (26) em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Assim que o Majestoso terminou, o técnico Cuca e os jogadores avaliaram o confronto. “É muito ruim perder. Não é normal, é muito ruim. O torcedor não tem ideia de como trabalhei essa semana. E vir aqui e tomar um gol no começo do jogo. É muito difícil, dá uma raiva enorme, mas tem que saber administrar essa raiva e de alguma forma tirar proveito para o próximo jogo. É o que podemos fazer”, disse o treinador, que emendou.

“Quando a gente arma a estratégia como fizemos, e toma o gol no início do jogo, você perde a estratégia do jogo, porque o jogo se torna da maneira que o Corinthians gosta, que é fechar bem atrás e jogar no teu erro. Coisa que não iria acontecer se não tivesse tomado o gol”, analisou.

Para encarar o rival, o time são-paulino não contou com Liziero, Luan, Rojas e Pablo, lesionados, além de Toró, suspenso. Assim, com as voltas de Arboleda e Hudson, o técnico Cuca escalou a equipe com Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê e Everton; Antony, Vitor Bueno e Pato.

Hernanes, Igor Gomes e Helinho entraram para dar fôlego novo ao Tricolor e foram acionados: Helinho, em chute da intermediária, levou perigo e por pouco não deixou tudo igual. No entanto, apesar de insistir, o São Paulo não conseguiu evitar o revés no Majestoso. 1 a 0.

“Mudamos o posicionamento de alguns jogadores para buscar a tabela rápida. Chegamos algumas vezes com cruzamentos muito bons, faltando a conclusão. Não se trata de ter jogado mal, se trata de ter caído num primeiro gol, num erro nosso, e o jogo ficar a caráter do Corinthians. Tentamos de uma forma, de outra e não foi suficiente para fazermos o gol”, avaliou Cuca, que completou.

“A gente tinha que ter forçado mais, a bola parada acabou não entrando também, mas agora é trabalhar. Temos que trabalhar para quarta-feira. Esse é o time, e a gente está buscando. Vamos buscar quarta-feira esse grande jogo. A gente tem que mobilizar para quarta-feira fazer uma grande partida. É a realidade. Caímos uma posição, vamos buscar ganhar em casa e recuperar posições”, afirmou.

Assim como o técnico, os jogadores comentaram o clássico. “Eles fizeram o gol o começo do jogo, e depois não conseguimos empatar. Não faltou garra ou determinação. Acredito que merecíamos algo melhor”, opinou o lateral-esquerdo Reinaldo.

“Eles conseguiram fazer o gol no primeiro tempo, depois se fecharam bem e não conseguimos o empate. Tentamos de todas as formas entrar, mas eles estavam bem fechados. Infelizmente,  não conseguimos reverter a situação”, concluiu o Profeta.

Na noite da próxima quarta-feira (29), às 21h30, em Salvador, a equipe fará uma pausa no torneio para retomar a disputa da Copa do Brasil: enfrentará o Bahia, no decisivo confronto de volta das oitavas de final.