São Paulo F.C



Toró comenta estreia e agradece confiança de Cuca

Jovem atacante deixou boa impressão na vitória sobre o Botafogo (2 x 0) no último sábado (27)

0541.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Aos 32 minutos do segundo tempo no duelo com o Botafogo (2 x 0), com o intuito de dar mais velocidade ao sistema ofensivo, o técnico Cuca mexeu no time e promoveu a estreia do jovem Toró. E o cartão de visitas do atacante no último sábado (27) levantou a torcida nas arquibancadas e arrancou elogios do treinador.

> BASTIDORES

Logo na primeira jogada, Toró encarou a marcação e finalizou com perigo da entrada da área. Depois, com boa movimentação pelas pontas, criou oportunidades na frente e deixou o Morumbi com boa impressão neste primeiro compromisso pela equipe principal.

> EU NO MORUMBI

“Consegui algumas arrancadas e tentei as jogadas na frente. A adrenalina estava alta, mas eu pude ajudar um pouco”, revelou o jogador, de 19 anos, que chegou ao chegou ao CFA Laudo Natel em março de 2017 e conquistou cinco títulos pelas categorias de base do Tricolor, além de ter sido o artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2018, com seis gols.

“Eu me sinto em casa no São Paulo. E foi assim, também, quando fui promovido ao elenco principal. Agora, estou trabalhando para estar preparado, porque a oportunidade não avisa a hora que vai chegar”, afirmou o atacante, que fez questão de agradecer a confiança do técnico Cuca.

“Eu nunca abaixei minha cabeça e sempre trabalhei, e estou muito feliz. Depois da final do Campeonato Paulista, o Cuca veio conversar comigo, falou que queria contar comigo no elenco, e eu falei que estava disposto a ajudar da melhor maneira possível. Agradeço muito a confiança dele, e estou feliz de estrear com a camisa do São Paulo, farei de tudo para honrar a camisa”, declarou o atleta, que emendou.

“Vou trabalhar cada vez mais para corresponder toda a confiança que a comissão técnica demonstrou, porque quero ajudar. Além disso, tenho o desejo de retribuir o carinho que recebi da torcida, desde a base, e se for para deixar o sangue dentro de campo pelo São Paulo, vou deixar”, concluiu Toró, que foi elogiado pelo comandante.

“Ele treinou muito bem nos últimos dias, observamos algo diferente do que vínhamos observando e demos esta oportunidade. É um jogador velocista que joga na ponta direita, na esquerda e de centroavante também. Certamente vai nos ajudar bastante, porque um jogador com essa característica hoje em dia é difícil”, analisou Cuca.