São Paulo F.C



Experiente, Edimar está pronto para nova oportunidade

Concorrendo com polivalentes, lateral-esquerdo pode ser a opção tática de Diego Aguirre diante do América-MG

WhatsApp Image 2018-09-19 at 17.05.26.jpeg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

O São Paulo se prepara para encarar o América-MG, no próximo sábado, dia 22 de setembro, às 16h, no Estádio do Morumbi, já sabendo que terá no mínimo duas mudanças em relação ao clássico contra o Santos. Suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Joao Rojas e Bruno Alves abrem oportunidades para disputas no elenco. Como opção tática e técnica na esquerda, Edimar aparece como um dos candidatos de Aguirre

O lateral-esquerdo tem sido opção constante para a equipe tricolor. O experiente jogador atende as exigências táticas do técnico Diego Aguirre e conta com a boa fase de Reinaldo, que, nas vezes que foi escalado mais próximo aos atacantes, também foi bem.

"O elenco é recheado de jogadores polivalentes. Faço a função de lateral pela esquerda e é claro que trabalho para jogar, mas depende da opção do Aguirre. Estou pronto se surgir a oportunidade. Precisamos nos ajudar para manter a liderança do campeonato", ponderou.

"Temos um grupo forte, seleto, mesmo que com jogadores novos, é importante. Tivemos vários jogos com baixas e mantivemos o melhor do nosso futebol, tivemos padrão e ritmo forte. Temos que saber usar do melhor jeito as peças à disposição", emendou.

Com 32 anos, Edimar têm experiências nacional e internacional. A bagagem adquirida nos últimos anos o ajudou a chegar ao São Paulo, time no qual afirma estar realizando um sonho em atuar.

"Fiquei quatro anos no Braga e mais quatro no Rio Ave, um ano na Itália, Espanha, Romênia e Grécia, foram experiências muito importante. Sempre quis retornar ao Brasil, fui formado no Cruzeiro, um grande clube, mas hoje estar aqui é um sonho, é falar de glórias, grandeza", contou.

Restando 13 rodadas para o término do Nacional, Edimar frisou a importância de cada partida para a manutenção da liderança. “O campeonato é muito difícil, é um caminho longo, temos que manter a seriedade, jogar jogo a jogo, fazer valer o fator casa, nossa torcida nos apoiando, e arrancar pontos fora, como temos feito”, finalizou.