São Paulo F.C



Dorival comenta virada e afirma: "Queremos uma equipe consistente"

Treinador avaliou a emocionante vitória deste final de semana e já projetou o Choque-Rei

dorival1.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com espírito aguerrido, o Tricolor o conquistou uma importante vitória sobre o Linense por 2 a 1 neste domingo (4), no interior, pelo Campeonato Paulista. Logo após a partida, o técnico Dorival Júnior comentou a emocionante virada e revelou o que deseja da equipe na sequência da temporada.

“Acho que o São Paulo procurou muito mais o gol. Tentamos de todas as formas, o Linense se defendeu bem, e fomos felizes praticamente no último lance. Foi um jogo muito franco. Felizmente saímos com resultado positivo em função daquilo que tentamos produzir ao longo de toda a partida. Não tem alívio. Temos uma preocupação frequente e constante. Natural que o resultado às vezes escondem muitas coisas”, analisou o treinador, que completou.

“Tivemos momentos em que fomos derrotados e fizemos grandes jogos. E jogos que vencemos sem fazer uma partida tão boa. Queremos equilíbrio, estamos buscando. Espero que tenhamos o mais rápido, para que façamos sequência de resultados. É o que queremos. O pouco tempo de trabalho não te proporciona situação de correção. Temos que chegar de madrugada, cinco, seis horas da manhã, já pensando no próximo jogo. Teremos em sequência Copa do Brasil, Sul-Americana entrando daqui a pouco. Tenho sentido o quanto essa equipe está se dedicando e o desgaste que ela vem tendo”, disse.

Com o resultado, o São Paulo se isolou ainda mais na liderança do Grupo B enquanto aguarda o desfecho da rodada, agora com 14 pontos. O emocionante triunfo, no Estádio Gilbertão, deu motivação extra ao time para encarar o próximo desafio no torneio estadual: na quinta-feira (8), às 20h30, o Tricolor enfrentará o Palmeiras fora de casa.

“Queremos ver uma equipe consistente. Em cima dessa consistência, que os resultados aconteçam. Espero que para a partida de quinta, melhoremos ainda mais. Que a gente possa ter força máxima dentro de campo nesse difícil compromisso. Temos que pensar em trabalhar a equipe nos poucos períodos em aberto para que tenhamos evolução. Não tenho dúvida de que com tempo estaríamos em outra situação”, finalizou.