São Paulo F.C



Boa sorte de campeão: Minelli reforça torcida por Jardine

Campeão brasileiro pelo Tricolor em 1977, ex-treinador matou a saudade do clube neste domingo (25)

DSC_0058.JPG

Por Érico Leonan / saopaulofc.net

Na primeira atividade após ser efetivado como técnico do Tricolor para 2019, André Jardine recebeu os desejos de boa sorte de um dos grandes nomes na história do clube: Rubens Minelli, que conduziu o São Paulo na conquista do Campeonato Brasileiro de 1977.

Neste domingo (25), o ex-treinador de 89 anos visitou o Centro de Treinamento da Barra Funda, matou a saudade do Tricolor e foi recepcionado por Jardine, além dos membros da diretoria são-paulina. “Desejei sorte ao Jardine. É preciso trabalhar e mostrar o que ele sabe. Ele tem capacidade e mostrará isso na sequência do trabalho”, afirmou.

Hexacampeão brasileiro, o Tricolor é um dos clubes do país que mais ergueu a taça da maior competição nacional. E essa vitoriosa história do clube no torneio começou em 1977, nas mãos do experiente e competente técnico Rubens Minelli. Então bicampeão brasileiro pelo Internacional em 1975 e 1976, quando o São Paulo o convenceu a assumir uma equipe aguerrida, o treinador conduziu o time ao inédito troféu.

Surpreendendo a todos, o time dirigido por ele desbancou o favorito Atlético Mineiro, no Mineirão, de forma épica na disputa de pênaltis, utilizando-se inclusive de artimanhas psicológicas como mandar Serginho Chulapa, suspenso, viajar para Belo Horizonte e aparecer no vestiário como se estivesse apto a jogar, desestabilizando o time rival.

“Uma satisfação enorme retornar, porque tive uma passagem vitoriosa pelo São Paulo. Fiquei emocionado com a oportunidade de reviver tudo de novo. Conquistamos o Brasileiro de 1977, inédito para o clube, e depois disso o São Paulo mostrou a sua grandeza ao conquistar mais cinco campeonatos nacionais. Tenho grandes lembranças”, afirmou o ex-treinador, que emendou.

“Voltar ao CT me fez resgatar grandes momentos daquela época. Foi, realmente, especial. Ao acompanhar o treino, senti novamente aquela emoção de trabalhar no gramado. E desejo sorte ao André Jardine para que ele possa desfrutar de momentos assim no futuro”, finalizou Minelli, que no dia 19 de dezembro completará 90 anos.