São Paulo F.C



"Minha felicidade seria maior com uma vitória"

Renan Ribeiro fez grandes defesas e foi um dos destaques no duelo com o Ituano (1 x 1) deste sábado (18)

1485.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

“Fico feliz pela minha atuação, mas ficaria mais feliz com a vitória”. As palavras do goleiro Renan Ribeiro, logo após o apito final, são capazes de resumir a atuação do goleiro e o duelo do Tricolor com o Ituano por 1 a 1 neste sábado (18). Com gol de Cueva – em bela jogada de Pratto – e grande atuação do arqueiro, o São Paulo largou na frente no Morumbi e tentou reagir no Campeonato Paulista de 2017, mas sofreu o empate na segunda etapa.

“Primeiramente, agradeço pela oportunidade de jogar e ao carinho do torcedor, que sempre me dá apoio, independentemente da situação. Ainda tenho muito a melhorar, mas ficou um pontapé inicial para eu continuar evoluindo e buscando a perfeição, para ajudar o clube. Agora, consigo ter parâmetro do que preciso melhorar para conseguir ajudar ainda mais o São Paulo. Espero sempre a oportunidade de contribuir com os companheiros”, avaliou o camisa 30, que completou.

“O que o Rogério me disse é que era para ter paciência que minha hora iria chegar. A decisão fica por conta do treinador, e procuro sempre dar o meu melhor nos treinamentos. A partir do momento em que eu não sentir frio na barriga, não tenho o que fazer no futebol. Fico feliz de ter a sensação gostosa de ajudar em campo. É isso que me dá motivação para treinar e trabalhar todos os dias. Espero retribuir dentro de campo, e por isso a minha felicidade não é completa, porque queria os três pontos”, acrescentou.

Durante o bate-papo com os jornalistas, na saída do campo, Renan Ribeiro também avaliou o confronto deste final de semana pela nona rodada do estadual. “Nossa equipe ainda tem muito a evoluir. Erramos muitos passes, então temos de trabalhar e concentrar mais. Fico feliz porque foi muito tempo sem jogar, mas nossa equipe realmente está tomando muitos gols. É um pouco de falta de atenção, porque foram mais por erros nossos do que competência do adversário”, opinou o arqueiro, que emendou.

“Precisamos de mais concentração, porque estamos trabalhando. É se cobrar mais em campo para alcançarmos nossos objetivos”, finalizou. Apesar do tropeço, no Morumbi, o São Paulo se manteve na liderança do Grupo B, agora com 15 pontos em nove jogos, seguido pelo Linense (14). Na próxima quarta-feira (22), com a missão de tentar reagir na competição, a equipe são-paulina visitará o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.