São Paulo F.C



Dorival avalia duelo no Maracanã

Treinador falou sobre o confronto com o Fluminense e projetou partida do próximo final de semana

5262.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com gols de Henrique Dourado (pênalti), Sornoza e Robinho (pênalti), o São Paulo foi derrotado pelo Fluminense por 3 a 1 na noite desta quarta-feira (18) em duelo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Logo após o apito final, na coletiva de imprensa, o técnico Dorival Júnior avaliou a partida.

“Saímos revoltados com o que deixamos de fazer. Não houve relaxamento. Estávamos muito concentrados para esse jogo. Infelizmente não estamos conseguindo engatilhar duas rodadas. No primeiro gol do Fluminense, o pênalti existiu. Não tem o que contestar. Mas, no segundo, houve a falta no Rodrigo Caio. Houve, sim uma omissão. Mas a arbitragem não tem culpa pelo resultado”, disse o comandante, que acrescentou.

“Não tem como culpar a arbitragem. O resultado é nosso. É natural que a maneira que atuamos que foi o principal causador, ainda que eu reconheça a maneira como o Fluminense jogou. Mas é inaceitável a maneira como atuamos. O próprio Hernanes colocou ao final do jogo. O problema é técnico? Garra, gana, vontade? Não. Mas houve uma apatia geral. Fizemos um jogo totalmente diferente de sábado”, emendou.

Com o revés, o time são-paulino se manteve com 34 pontos e caiu para a 14ª colocação. No próximo final de semana, em busca da reabilitação, o Tricolor receberá o Flamengo, no Pacaembu “Fizemos um grande jogo no Pacaembu, contra o Atlético-PR (2 x 1) e não é porque vamos atuar lá que não vamos nos sentir em casa”, opinou o treinador, que completou.

“Temos de acreditar, mas trabalhar dobrado para que se materialize em um resultado positivo. Não houve relaxamento em momento algum. Sabíamos da dificuldade de repetir a atuação anterior. Infelizmente, não estamos conseguindo engatinhar duas rodadas próximas daquilo que conseguimos”, finalizou.