São Paulo F.C



'Convocado', Auro festeja chance ao lado do ídolo Daniel Alves

Lateral-direito são-paulino foi chamado para integrar as atividades da Seleção Brasileira nas Eliminatórias

DSC_0982.JPG

Por Érico Leonan / saopaulofc.net

Chamado pelo técnico Tite para integrar as atividades da Seleção Brasileira durante os dois jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 – assim como aconteceu com Lucão -, o lateral-direito Auro terá a oportunidade de trabalhar e conviver com um ídolo de infância: o experiente e multicampeão Daniel Alves, ex-Barcelona e atualmente na Juventus-ITA.

A oportunidade de integrar o grupo e aprender mais com os atletas que atuam no futebol europeu animaram o camisa 26, que enalteceu a ‘convocação’. “Gostaria de agradecer a confiança da comissão técnica da Seleção Brasileira, porque é uma grande oportunidade trabalhar com jogadores renomados. São profissionais de alto nível, do futebol europeu e espero voltar ao São Paulo mais forte e preparado para buscar o meu espaço”, afirmou o ala.

No dia 6 de outubro, a Seleção Brasileira enfrenta a Bolívia, na Arena das Dunas, em Natal, às 21h45. Já no dia 11, o Brasil pega a Venezuela em Mérida, no Estádio Metropolitano, às 20h30 (21h30 de Brasília). Neste período, o são-paulino reforçará os ajustes da equipe e poderá adquirir experiência neste seu processo de formação.

Revelado nas categorias de base do clube, no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, Auro disputou Sul-Americano Sub-17 (2013) e Sub-20 (2015), além do Mundial Sub-17 em 2013. “Mas acredito que desta vez será diferente, porque terei a oportunidade de trabalhar com os melhores jogadores do mundo. Espero voltar com um aprendizado maior e mais experiente. Além disso, poderei trabalhar com o Daniel Alves, que é meu ídolo e referência. Sei que ele é um cara do bem, alegre e que me ajudará”, avaliou o lateral, que emendou.

“Sou muito fã e me inspiro bastante nele. Será uma honra poder conviver com ele, trabalhar e aprender um pouco mais”, finalizou Auro, que já tinha sido chamado anteriormente pelo técnico Tite, ao lado de Lucão para o período de treinos de olho nos duelos contra Equador (3 x 0) e Colômbia (2 x 1). Na ocasião, porém, o Tricolor solicitou a permanência do atleta, pois Bruno e Buffarini não reuniam condições de jogo.

Seguindo a programação da CBF, a delegação se apresentará no dia 2 de outubro diretamente no Hotel Ocean Palace, local da concentração da equipe em Natal, Rio Grande do Norte. Os jogadores que atuam na Europa chegam no dia seguinte. Na segunda-feira, o técnico Tite comanda o primeiro trabalho na Arena das Dunas, às 18h.