São Paulo F.C



Maicon e o alívio na estreia no Morumbi

Maicon desperdiçou uma penalidade, mas garantiu a vitória do Tricolor já nos acréscimos diante do Oeste

Aos 27 minutos do segundo tempo no duelo com o Oeste, após bela trama do sistema ofensivo, o argentino Calleri tentou driblar o goleiro Leandro Santos e foi derrubado na grande área: pênalti! O zagueiro Maicon abriu passagem, pegou a bola e pediu para cobrar a penalidade. O xerifão encheu o pé na batida, mas o arqueiro rival espalmou e evitou que o Tricolor virasse o placar. No entanto, sem desanimar ou baixar a guarda, o camisa 27 se manteve firme na partida e garantiu a vitória por 2 a 1 neste sábado (2).

Já nos instantes finais do duelo, válido pela 14ª rodada do Campeonato Paulista, o defensor aproveitou cruzamento na grande área e escorou para tirar o grito de gol da torcida, que festejou bastante nas arquibancadas. “Falei para o Ganso que queria bater, mas infelizmente não consegui marcar. Sou forte o suficiente para assumir o meu erro. Felizmente, no final, consegui ajudar o São Paulo, porque precisávamos dos três pontos”, afirmou o defensor, que completou.

“Corri até o final para ajudar os meus companheiros e não queria sair de campo com o empate. Marquei o gol e isso me deu um alívio. Assumo a culpa, porque pedi para bater, mas batalhei bastante e fui coroado com o gol já nos acréscimos. Treinamos bastante, estava confiante, mas não concretizei”, emendou Maicon, que por pouco não ampliou o triunfo logo após balançar as redes, em chute potente da intermediária que passou com muito perigo.

 Agora, o São Paulo fará uma pausa no Paulista para retomar a briga na Libertadores. Na próxima terça-feira (5), às 21h45 (de Brasília), novamente no Morumbi, o time são-paulino receberá o Trujillanos-VEN. “Na Libertadores, precisamos do apoio da torcida para conquistar a vitória e manter a briga. Será um jogo importante, e contamos com a presença deles”, finalizou o zagueiro, que fez a sua estreia no Morumbi.