São Paulo F.C



Nova etapa para crescer, aprender e evoluir

Lucas Fernandes inicia transição da base para o profissional e festeja oportunidade de treinar ao lado do Maestro

DSC_0831.JPG

Por Érico Leonan / saopaulofc.net

Camisa 10 da equipe Sub-20 do Tricolor nas conquistas da Libertadores da América, da Copa do Brasil, da Copa Ouro e da Copa RS, o meio-campista Lucas Fernandes iniciou nesta quinta-feira (25) a sua transição das categorias de base para o profissional. Revelado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, o armador é jogador do clube desde os 14 anos e, agora, terá a oportunidade de complementar o seu aprendizado com o técnico Edgardo Bauza.

O meia, que estava de férias após a inédita conquista do torneio continental para o futebol brasileiro, está motivado com a nova etapa no seu processo de formação e promete agarrar a oportunidade para encantar o treinador e, aos poucos, adquirir mais experiência para reforçar o time são-paulino. Nesta manhã, no Centro de Treinamento da Barra Funda, o jovem atleta de 18 anos já reforçou as atividades na reapresentação e deu o pontapé inicial nesta promissora fase.

"Estou em busca do meu sonho, que é jogar profissionalmente pelo São Paulo. Quero crescer ainda mais nesta nova fase e aprender no profissional. Cheguei ao São Paulo com 14 anos de idade, e desde então defendo o clube com muita dedicação. Tenho a mente aberta para ouvir e aprender com os mais experientes. Claro, tento personalidade, mas quero assimilar as coisas boas e evoluir com o Bauza", afirmou o jogador, que recordou o seu início de trajetória no futebol.

"Jogo bola desde os 11 anos. No começo, jogava salão. Mas depois fui para o campo e escolhi ser meia pela possibilidade de ficar mais com a bola no pé. As jogadas sempre passam pelo armador do time, e foi por isso que escolhi esta posição ainda na infância. Aos 14 anos, deixei a minha família e segui para o CFA, onde amadureci bastante e comecei a minha história no São Paulo. Agora, no profissional, não vou desperdiçar a oportunidade de aprender e mostrar o meu futebol", acrescentou.

Para chegar até aqui, Lucas Fernandes fez bonito nos juniores. Os títulos sob o comando do técnico André Jardine renderam bagagem extra ao meia, que ao lado de outros tantos talentos da categoria encheu o torcedor são-paulino de orgulho. "As conquistas não foram só importantes para o Sub-20, mas para toda a base do São Paulo. O objetivo do CFA é formar jogadores, mas os títulos valorizam todo o trabalho que é desenvolvido diariamente. E isso é importante para a nossa evolução no clube", opinou o armador, que nem mesmo nas férias - após a conquista da Libertadores - conseguiu controlar a ansiedade antes de poder integrar o profissional.

"As férias são importantes para esfriar a cabeça, descansar e esquecer um pouco futebol, mas não consegui fazer isso (risos). A ansiedade era grande para poder começar logo esta nova etapa. Todos os dias, antes de dormir, eu ficava imaginando como este dia seria. E acredito que isso mostrou o quanto estou focado em aproveitar esta chance.  Quero corresponder e realizar este sonho da melhor maneira possível. Com alegria e vontade de sempre, respeitando a camisa do São Paulo, quero dar o meu máximo no campo", completou o jovem jogador, que revelou as suas expectativas.

"Gosto de todos os jogadores do profissional. Será importante conviver, treinar e aprender com eles. Me inspiro muito no Ganso, que é um excelente jogador, e quero aproveitar cada treino ao lado dele. Estou com a cabeça aberta para crescer ao lado de quem eu sempre me inspirei", finalizou Lucas Fernandes, que já segue a programação do profissional e está à disposição de Patón.