São Paulo F.C



Hora de 'virar a chave' e focar na Libertadores!

Michel Bastos quer deixar o revés no clássico para trás e, assim, brigar por um resultado positivo diante do The Strongest

0975.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

"Dói muito perder um clássico. Mas o bom é que já temos a partida de quarta, não podemos ficar lamentando porque isso pode atrapalhar a nossa concentração". As palavras do capitão Michel Bastos durante a coletiva de imprensa desta segunda-feira (15) na reapresentação do elenco após a derrota no clássico, no Centro de Treinamento da Barra Funda, mostram que o elenco são-paulino quer reagir imediatamente para iniciar a fase de grupos da Libertadores da América com um resultado positivo.

Após o Majestoso do último final de semana, o Tricolor voltará o foco para a competição sul-americana, já que na quarta-feira (17), às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu, enfrentará os bolivianos pela rodada de abertura da Chave C. "Lógico que perder um clássico é sempre ruim, mas temos um jogo importante na quarta-feira, todo grupo tem consciência desse jogo, acho que isso não vai nos atrapalhar", acrescentou o camisa 7, que completou.

"Depois da partida, você fica chateado, mas estamos num clube que nos proporciona jogar várias competições e temos que focar na quarta-feira. E acredito que esse é o lado positivo, de te dar a oportunidade de redimir rapidamente. Apesar da derrota, tivemos algumas coisas boas. Faz quatro partidas que a gente não ganha na casa do adversário e isso machuca, não vou mentir", admitiu o experiente armador.

Derrotado pelo Corinthians por 2 a 0, fora de casa, o Tricolor criou boas oportunidades para tentar um resultado positivo no confronto válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista e até acuou os anfitriões no campo de defesa. Em busca do gol, o São Paulo ficou mais tempo no ataque e exigiu bastante da defesa do time adversário, que soube conter as investidas dos visitantes e aproveitar as chances na frente para balançar as redes duas vezes.

Se o resultado positivo não veio, ao menos o time são-paulino demonstrou mais uma vez que está crescendo na temporada. Sob o comando do técnico Edgardo Bauza, que inicia a sua trajetória no clube, a equipe está cada vez mais sólida para acirrar a disputa por títulos em 2016. "A gente vem progredindo e hoje temos uma outra filosofia de jogo, com peças novas, com um novo treinador e por isso a equipe está na crescente", opinou Michel Bastos, que emendou.

"Não é porque perdemos uma partida que é um começo ruim. Atingimos nosso primeiro objetivo que era ir para a Libertadores. No Paulista, estamos na briga. Todos estão conscientes de que há muita margem para melhorar", finalizou o capitão tricolor. Antes de encarar o The Strongest, que ao lado do Tricolor integra o Grupo C da competição continental com River Plate-ARG e Trujillanos-VEN, o São Paulo terá mais um dia de atividades.

A tendência é de que os trabalhos desta terça-feira (16), que serão realizados no palco do confronto, definam a escalação do time para a estreia nesta nova fase do torneio. Vale lembrar que antes de integrar a chave, a equipe brasileira eliminou o César Vallejo-PER na primeira fase.