São Paulo F.C



Garotada se anima com rodízio de Osorio e mira novas oportunidades

Matheus Reis e Boschilia souberam aproveitar a chance no duelo contra o Vasco, na última quarta (8)

DSC_0981-001.JPG

Por Érico Leonan / saopaulofc.net

Com o intuito de preservar fisicamente os atletas e ter a maior parte do elenco em condições de atuar os 90 minutos, o técnico Juan Carlos Osorio tem adotado um sistema de rodízio na equipe. Na última quarta-feira (8), por exemplo, o atacante Luis Fabiano não atuou na goleada sobre o Vasco (4 x 0) para minimizar o desgaste na maratona de jogos e poder reforçar o time nos próximos jogos. E o método do colombiano animou os jovens Matheus Reis e Boschilia, que entraram no decorrer da partida com os cariocas e já miram novas oportunidades.

No Estádio Mané Garrincha, o lateral-esquerdo conquistou a sua primeira vitória pelo Tricolor (em dois jogos), enquanto o meio-campista fez a sua estreia em grande estilo sob o comando do treinador após defender a Seleção Brasileira Sub-20 no Mundial, na Nova Zelândia. "Minha placa (neste rodízio) é estar à disposição a todo momento (risos)", brincou o camisa 8, que completou.

"Se ele precisar que eu entre no time, estou a disposição. E no banco também, porque o importante é ter esse rodízio e todo mundo saber a hora de jogar e esperar pela oportunidade.  Estou treinando, batalhando para ter meu espaço, mas vai depender do que o professor optar. Eu penso em jogar, sempre, mas estou à disposição de qualquer forma", opinou o armador, que teve a opinião compartilhada pelo ala.

"O futebol é feito de oportunidades. Se o São Paulo está passando por esse momento hoje, de poder contar com este rodízio de atletas, temos que agarrar a chance, independente do que for. Se o Osorio quer por para jogar ou não, é nossa obrigação estar sempre à disposição", afirmou.

Após duelar em Brasília, o Tricolor já entrará em campo novamente neste final de semana, quando receberá o Coritiba no domingo (12), às 11h. Por isso, a dupla está focada em manter a pegada nos próximos treinos para, quem sabe, ser novamente aproveitada.  "Tenho sempre que estar preparado, porque o Osorio frisou que vai ter rodízio, então tenho de estar preparado para jogar quando ele escolher", completou Matheus Reis.

"Ah, quatro jogos sem vencer trazia uma pressão, não é legal. E a vitória vem para dar confiança, muda o ânimo e por isso foi muito importante", finalizou Boschilia, que fechou o placar na goleada sobre o Vasco ao aproveitar o rebote após chute do argentino Centurión, já nos acréscimos do duelo disputado no Distrito Federal.