São Paulo F.C



"Grandes lembranças" motivam Hudson pela 'trinca' no Sul

Em 2014, nas duas visitas do Tricolor ao estado, camisa 25 conseguiu se destacar e recebeu elogios

Jogo

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Mineiro de Juiz de Fora, o versátil Hudson estava em casa no Rio Grane do Sul na temporada 2014. Com grandes lembranças dos duelos diante de Internacional (1 x 0) e Grêmio (1 x 0), o camisa 25 retornará ao estado neste final de semana para o embate com o Colorado motivado pelas exibições do ano passado. Foi lá, na importante vitória sobre rival deste domingo (31), no dia 20 de agosto, que o meio-campista fez uma de suas melhores partidas pelo São Paulo.

Na ocasião, o defensor foi titular pela primeira vez e deixou boa impressão. Bem na marcação, o jogador conseguiu neutralizar o ataque gaúcho e deixou o Beira-Rio como um dos melhores atletas em campo. De lá pra cá, muito elogiado após o embate com o Inter, Hudson ganhou mais oportunidades. A boa impressão deixada no sul do país foi fundamental para que a torcida, os companheiros e a comissão técnica acreditassem mais no seu trabalho.

Ainda em 2014, no dia 4 de outubro daquele ano, o parelho duelo com o então favorito Grêmio fechou as grandes exibições da equipe no Rio Grande do Sul com mais uma grande participação do volante. Improvisado na lateral direita, o camisa 25 deu conta do recado e conseguiu neutralizar o sistema ofensivo gremista, que na ocasião estava embalado no Campeonato Brasileiro.

O duelo foi um verdadeiro tira-teima entre os clubes. E, nos detalhes, o Tricolor conseguiu vencer os gaúchos por 1 a 0 e derrubar uma invencibilidade de oito jogos consecutivos do goleiro Marcelo Grohe na competição nacional. Coube ao capitão Rogério Ceni a missão de converter com categoria o pênalti que garantiu o importante triunfo dos paulistas.

"São grandes lembranças que guardo com carinho, porque foram vitórias importantes. A gente precisava delas na época, pois estávamos na briga por uma vaga na Libertadores, além do título do Brasileiro. Então quero manter essas boas recordações e, quem sabe, construir mais uma bela história no Sul neste final de semana", afirmou o defensor são-paulino, que prevê mais um confronto difícil em Porto Alegre.

"O Inter está motivado pela classificação na Libertadores, mas de qualquer forma já seria duro enfrentar eles lá. Teremos dificuldades, mas se a gente impor o nosso ritmo, como fizemos contra o Joinville (3 x 0). Acredito que assim a gente pode sair com uma vitória. Felizmente temos este bom retrospecto no Sul nos últimos jogos, e precisamos de um resultado positivo, porque o Inter é um rival direto e com certeza estará na parte de cima da tabela na reta final", finalizou.