São Paulo F.C



O emocionante retorno de Breno ao Tricolor

Temporada 2015 marcou a volta do Monstro, que reservou grandes capítulos ao longo do ano aos torcedores são-paulinos

5506.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Penúltimo personagem na série de matérias do site oficial do São Paulo sobre o elenco em 2015, o zagueiro Breno garantiu um dos momentos mais marcantes da temporada. Após se despedir do clube no final de 2007 para jogar na Europa, o Monstro voltou ao Tricolor com a mesma determinação da primeira passagem. O ex-jogador do Bayern de Munique, da Alemanha, superou os problemas pessoais para vestir novamente a camisa do São Paulo e dar sequência a sua carreira.

O cenário, apesar do placar, não poderia ter sido melhor para a reestreia: domingo de clássico contra o Corinthians (1 x 1) no dia 9 de agosto, Dia dos Pais e Morumbi com bom público. Assim, o defensor pôde marcar o seu retorno ao futebol após quatro anos longe de partidas oficiais. O atleta, que foi testado pelo técnico Juan Carlos Osorio em um jogo-treino com a Portuguesa antes de defender o São Paulo de novo, escreveu capítulo emocionante no Majestoso.

Campeão brasileiro em 2007, com apenas 17 anos, o camisa 33 não atuava desde 17 de abril de 2011, na goleada do Bayern de Munique sobre o Leverkusen, por 5 a 1. Desde então, superou as adversidades para retornar ao Brasil e fazer o que mais gosta: jogar futebol. De janeiro a agosto, o zagueiro seguiu o planejamento da comissão técnica e encarou uma série de atividades físicas para poder atingir o condicionamento ideal. No seu processo de readaptação, sofreu com algumas lesões, mas conseguiu disputar seis partidas e balançar as redes uma vez.

"Claro, não posso comparar o meu ano com os outros jogadores, porque fiquei muito tempo sem jogar, mas 2015 foi importante nesta minha readaptação ao futebol. Sofri algumas lesões e fiquei um tempo no REFFIS, mas isso faz parte porque o meu corpo estava se readaptando aos exercícios. Agora, tenho um condicionamento muito melhor e só posso agradecer ao São Paulo, pois me ajudou desde o início. Pude jogar algumas partidas e mostrei que não esqueci como se joga futebol", afirmou.

De acordo com o Monstro, dois momentos foram especiais no decorrer da temporada: a reestreia e o primeiro gol nesta volta - marcado diante do Avaí (1 x 2), no dia 20 de setembro, na Arena Ressacada. "A estreia foi marcante, porque eu queria voltar a jogar de qualquer jeito. E diante de um grande rival teve um sentimento ainda mais especial. O gol diante do Avaí também foi um momento bacana, porque eu realmente não imaginava que poderia marcar logo no meu primeiro ano na volta. Então, individualmente, posso dizer que 2015 foi especial", avaliou o defensor revelado nas categorias de base do clube em 2007.

De volta e recuperado de lesão, Breno quer se firmar no time são-paulino na temporada 2016. "Quero começar o próximo ano junto com os meus companheiros, no campo, e participar de toda a pré-temporada. Vou tentar ao máximo evitar as lesões para poder ajudar o time, porque o São Paulo precisa conquistar títulos em 2016", finalizou.