São Paulo F.C



Uma vaga, dois perfis...

Com estilos de jogo distintos, Lyanco e Edson Silva disputam a vaga de Rodrigo Caio na última rodada do Brasileiro

DSC_0334.JPG

Por Érico Leonan / saopaulofc.net

Um é jovem, mais rápido e surge como uma das revelações de 2015 para, pouco a pouco, ganhar espaço no elenco profissional. O outro é mais experiente, tem facilidade no jogo aéreo, está na sua quarta temporada no clube e tem mais de 100 jogos com a camisa tricolor. Estas são as opções defensivas do técnico interino Milton Cruz para definir o companheiro de Lucão no último compromisso do São Paulo no Campeonato Brasileiro, quando o time visitará o Goiás no próximo domingo (6), às 17h (de Brasília), no Serra Dourada.

Para encarar os goianos, em duelo que definirá o futuro da equipe são-paulina em 2016, já que uma vaga na Libertadores da América está em disputa, o treinador não poderá contar com o versátil Rodrigo Caio, que recebeu o terceiro cartão amarelo na competição nacional durante a heroica vitória sobre o Figueirense (3 x 2) no último final de semana. Por isso, o comandante tem utilizado as atividades do dia a dia no Centro de Treinamento da Barra Funda para escolher o companheiro de zaga de Lucão.

"Sempre treino com seriedade para aproveitar as oportunidades. E espero que ela chegue domingo. Mas, se o Edson for escolhido tenho certeza de que estaremos bem representados, porque vejo todos os dias o comprometimento dele nos treinos. Quem o Milton escalar estará preparado e pronto para tentar ajudar. O Edson é mais experiente, forte na bola aérea, mas eu também não fico para trás, não (risos). Sou rápido, também chego firme na marcação e quero ajudar", afirmou Lyanco.

Vae lembrar que além de Rodrigo Caio, o Tricolor não tem à disposição os zagueiros Breno (artroscopia no joelho direito) e Luiz Eduardo (artroscopia no joelho esquerdo), que estão entregues aos cuidados do Departamento Médico e, assim, têm tralhado diariamente em período integral (manhã e tarde) para se recuperarem de lesões. E assim como o jovem concorrente, Edson Silva também está focado e pronto para dar conta do recado caso seja escolhido pelo comandante.

"Independente do ritmo de jogo, quem entrar no jogo estará pronto. Tenho treinado firme todos os dias para ajudar a equipe. No nosso elenco, todos se conhecem bem e estão entrosados. O time não está definido, mas os 11 escolhidos estarão preparados para lutarem por uma vaga na Libertadores. Temos que fazer um bom papel, mesmo fora de casa e diante de um adversário que também tem interesses em jogo, para assegurar um lugar no G-4", opinou o camisa 21.

Com 59 pontos e restando apenas mais uma rodada para o término do Brasileiro, o São Paulo depende apenas de si para ficar com o quarto lugar. O Internacional, quinto colocado com 57 pontos ganhos, é o concorrente do Tricolor na disputa por uma vaga na Libertadores de 2016. Pela frente, o time são-paulino terá um adversário que luta contra o rebaixamento: os goianos estão na penúltima colocação, com 38 pontos.