São Paulo F.C



Muricy sobre revés: "Não dá para aceitar isso"

Treinador não aprovou a postura do time na eliminação para o Bragantino, no Morumbi

8245.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Assim como os atletas são-paulinos, o técnico Muricy Ramalho deixou o Morumbi insatisfeito com a atuação da equipe na derrota para o Bragantino, por 3 a 1, na noite da última quarta-feira (13). O revés para o clube do interior custou a eliminação do São Paulo na Copa do Brasil, fato que deixou o treinador chateado.

"No futebol, quando você não está jogando bem, tem de ir por um outro lado. Pela luta ou algum lugar. Não fomos bem em nenhum sentido. Não são só as bolas paradas. Não jogamos bem. Isso é o que me irrita. O time adversário vem, se impõe e irrita. Ainda mais no nosso campo. Não dá para aceitar isso", afirmou.

Durante a coletiva de imprensa, logo após o apito final, o comandante também avaliou a partida, que começou com o time são-paulino na frente. Paulo Miranda abriu o placar para o time são-paulino. Porém, Cesinha, Gustavo Carbonieri e Guilherme Mattis decretaram o triunfo dos visitantes.

"Nos dez primeiros minutos parecia que nós passearíamos. Futebol é isso. Deixamos os caras gostar do jogo. Demos uma relaxada. Quando você quer voltar para o jogo, não dá mais. O Bragantino mereceu", acrescentou o treinador, que terá a disputa de outra competição no segundo semestre, além da sequência do Campeonato Brasileiro.

Com o revés na capital paulista, o clube partirá agora para a disputa da Copa Sul-Americana deste ano. As oitavas de final do torneio continental começarão em outubro. Vale lembrar que assim como na Copa do Brasil, o título do campeonato garante uma vaga na Libertadores da América de 2015.