São Paulo F.C



Personalidade e companheirismo

Muricy destacou atitude de Pato e Rogério na vitória sobre o Bragantino

6022.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

O segundo gol da vitória são-paulina sobre o Bragantino agradou muito o técnico Muricy Ramalho, e não apenas pelo fato de ampliar a vantagem do Tricolor sobre o rival naquele momento, mas também pelas circunstâncias que cercaram o gol. Para balançar as redes pela quarta vez com a camisa são-paulina, Alexandre Pato pediu a Rogério Ceni, batedor oficial do clube, que o deixasse cobrar o pênalti. E o M1TO deixou.

Ambas as atitudes foram muito valorizadas pelo comandante tricolor, que exaltou a personalidade de Pato - que voltou a ser titular após bastante tempo - e o companheirismo mostrado pelo camisa 01 do Tricolor, que tem 118 gols marcados pelo clube.

"Primeiro, não é fácil você voltar ao time agora e pedir pra bater o pênalti tendo nosso batedor oficial, que é o Rogério. Ele (Pato) mostrou personalidade, e o Rogério mostrou ser companheiro. Isso a gente tem aqui, nosso ambiente é realmente bom", afirmou o treinador.

Muricy, que sempre cobra bastante dos jogadores, tem bastante esperança em Pato, cuja qualidade é indiscutível. Para o treinador, o gol desta quarta-feira pode abrir caminho para uma nova fase do camisa 11 no São Paulo.

"Não estamos jogando bem, mas uma hora a gente se recupera. Essa atitude de hoje mostrou companheirismo, que faz parte do futebol. Com um gol desse, o jogador desperta e volta jogar o que sempre jogou. O Rogério e o Pato estão de parabéns, um pela personalidade de pedir e fazer o gol, e o outro por ser parceiro", completou.