São Paulo F.C



Parabéns, Oscar!

Nesta sexta-feira (20), um dos maiores zagueiros na história do São Paulo completa 60 anos

Posado

Por Arquivo histórico do São Paulo Futebol Clube

Campeão Brasileiro de 1986 e tetracampeão paulista com o Tricolor (1980, 1981, 1985 e 1987), o ex-zagueiro Oscar completa 60 anos de idade nesta sexta-feira (20). Ao lado de Dario Pereyra, o ex-jogador formou uma dupla 'intransponível', que ajudou a garantir ao São Paulo cinco títulos em sete anos.

O defensor atuou no clube de 1980 a 87. Nos sete anos em que vestiu a camisa da equipe são-paulina, Oscar disputou 294 jogos e balançou as redes 13 vezes. Nesse período, o atleta foi capitão do Tricolor e da Seleção Brasileira. Fazia a torcida vibrar quando avançava para tentar gols de cabeça e, assim, ajudar o sistema ofensivo.

No entanto, era na defesa que o jogador nascido em Monte Sião, Minas Gerais, se destacava. Era um bécão, desses que tanto podiam desfazer ataque adversário com uma jogada clássica ou com um chutão para qualquer lugar ("para o mato", como se dizia na gíria do futebol).

Revelado pela Ponte Preta em 1973, Oscar atuou no futebol norte-americano antes de chegar ao São Paulo. Nos Estados Unidos, o ex-zagueiro defendeu as cores do New York Cosmos, em 1979 e 1980. Após deixar o Tricolor, o jogador seguiu para o Continente Asiático e atuou no Nissan Motors, entre 1987 e 1980.

Depois de pendurar as chuteiras, o defensor seguiu a carreira de treinador de 1989 a 1998. Começou justamente em seu último clube, no Japão, e na sequência dirigiu Inter de Limeira, Guarani, Al-Hilal, Kyoto Sanga, Cruzeiro e Al-Shabab Riyadh.