São Paulo F.C



Após estreia, Pabon valoriza semana para entrosar

Colombiano, que agradou o técnico Muricy Ramalho, prometeu empenho nas atividades para o duelo contra a Portuguesa

1313.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Apesar da derrota para a Ponte Preta (2 a 1), no último domingo (9), o colombiano Pabon deixou boa impressão e arrancou elogios do técnico Muricy Ramalho. Na primeira etapa, principalmente logo após o apito inicial, o atacante deu trabalho aos marcadores e por pouco não balançou as redes. No entanto, o forte calor do interior paulista e a falta de entrosamento com os novos companheiros atrapalharam o estreante.

Por isso, o camisa 22 valorizou a semana de treinos que o Tricolor terá pela frente até o duelo contra a Portuguesa, no próximo sábado (15), no Morumbi, válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Vale lembrar que esta será a primeira 'semana cheia' que a comissão técnica terá desde a estreia na competição regional.

"Fiquei contente pela estreia, mas não jogamos bem. Aos poucos, vamos melhorando e buscando os resultados, porque é isso que todos querem", afirmou Pabon, que não se mostrou preocupado com a adaptação ao futebol brasileiro. Ao contrário. Bem humorado, o colombiano brincou. "Futebol é igual em qualquer lugar do mundo, assim como os campeonatos e a bola. Então, aqui é normal também", avaliou.

"Estou conhecendo melhor os meus companheiros, e é nisso que tenho que me concentrar. Quero me adaptar rápido ao estilo de jogo do time e poder ajudar", completou o atacante, que sofreu com o forte calor de Campinas. O jogador, que atuava no Valência-ESP e estava em pleno inverno europeu, ficou surpreso com a alta temperatura do interior.

"Na Europa, a gente estava com frio. Mas o calor daqui foi impressionante. Terei que trabalhar duro esta semana pra aguentar o calor. Vamos jogar com esta temperatura nos próximos jogos e preciso estar preparado. Por isso, vou me dedicar e beber muita água", acrescentou Pabon.  A partida contra a Portuguesa marcará o primeiro contato do atleta com a torcida são-paulina.

"Temos que ganhar no sábado, porque vamos jogar em nosso estádio. Não podemos ficar pensando só na derrota. Já ficou para trás e tentaremos corrigir os erros", finalizou o jogador, que deverá ter a companhia de Luis Fabiano no ataque. Preservado pela comissão técnica, o Fabuloso não enfrentou a equipe pontepretana.