São Paulo F.C



Há 20 anos, Rogério e Muricy conquistavam o primeiro título juntos

Em 1994, Expressinho fez grande campanha, encantou a torcida e venceu a Copa Conmebol

Conmebol 1994

Por Arquivo histórico

A parceria entre o goleiro Rogério Ceni e o técnico Muricy Ramalho é vitoriosa e o torcedor são-paulino conhece bem. E neste domingo (21), a dupla comemora 20 anos da primeira conquista juntos. Após bater o Peñarol-URU na decisão, o Tricolor ergueu a taça da Copa Conmebol de 1994 e, então, registrou a primeira campanha vitoriosa do arqueiro com o comandante.

A trajetória de Muricy começou em 1994, quando o então auxiliar técnico do Mestre Telê ganhou a oportunidade de dirigir o time após a conquista do Bicampeonato Mundial de Clubes, em 1993. No dia 23 de janeiro daquele ano, no Estadual, o treinador comandou o São Paulo pela primeira vez e estreou com o pé direito: goleada por 4 a 1 sobre o Santo André. Daí em diante, o treinador ganhou a missão de comandar a jovem equipe são-paulina.

O Expressinho, time de juniores e reservas do clube que disputava as partidas e torneios amistosos quando o time titular não estava disponível, foi responsável por revelar os então garotos Rogério Ceni, Juninho Paulista e Denílson. E a conquista da Conmebol de 1994, com um time repleto de jogadores jovens, é tido pelo treinador como um dos momentos mais importantes de sua carreira.

"Foi importante, porque foi o meu primeiro título. Nosso time era jovem, formado por moleques e foi formado de última hora. O principal estava envolvido em outras competições e, então, me deram alguns meninos da base. Foi muito marcante, porque ninguém esperava", afirma Muricy, que guarda com carinho o seu primeiro título como técnico.

"O Expressinho teve uma sequência de jogos, disputou um campeonato e tinha mais oportunidades. Assim, foram surgindo vários jogadores e fomos campeões", acrescenta. Para ficar com o troféu do torneio, o São Paulo fez ótima campanha e deixou grandes adversários para trás. Na primeira fase, após dois empates sem gols, o Tricolor eliminou o Grêmio nos pênaltis.

Nas quartas de final, a vitória sobre o Sporting Cristal-PER por 3 a 1 na ida, com gols de Juninho Paulista, Caio e Denilson, e o empate por 0 a 0 no Peru garantiram a classificação dos brasileiros. Já na semifinal, o arquirrival Corinthians ficou frente a frente com o Tricolor. Na ida, no Pacaembu com mando dos corintianos, triunfo são-paulino por 4 a 3, com gols de Juninho Paulista (3) e Catê.

Na volta, no Morumbi, derrota do São Paulo por 3 a 2 e vaga garantida nas penalidades máximas. Então, no dia 14 de dezembro de 1994, ocorreu a primeira partida da final contra os uruguaios. No Morumbi, Catê (3) e Caio (2) comandaram a goleada sobre o Peñarol por 6 a 1, que ainda contou com gol de Toninho. Os rivais até venceram na volta, por 3 a 0, mas não conseguiram impedir a primeira conquista de Rogério e Muricy juntos.