São Paulo F.C



Muricy se rende ao craque: "Acima da média"

Treinador valorizou o espírito vencedor de Kaká no grupo, que lutou até o fim por títulos na temporada

3626.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

O craque Kaká é realmente diferente e tem forte identidade com o clube. Um dos grandes ídolos da torcida são-paulina, o camisa 8 recebeu elogios por todos os lados nesta sua segunda passagem pelo clube. E com o técnico Muricy Ramalho não mudou o discurso: o espírito vencedor do meia-atacante foi um dos diferenciais da equipe no segundo semestre.

Sempre lutando pelo time e passando tranquilidade aos companheiros, o armador comandou a reação do clube no Campeonato Brasileiro de 2014 e batalhou para que a equipe conquistasse uma vaga direta na Libertadores da América do próximo ano. Após se despedir do Morumbi, ser ovacionado pelos torcedores e deixar o gramado emocionado, Kaká também recebeu elogios do comandante.

Ciente de que irá perder o jogador no final do ano, quando o meia seguirá para os Estados Unidos para defender o Orlando City-EUA, o treinador afirmou que não será fácil lidar com a saída do craque são-paulino. "Como pessoa, é impossível conseguir outro igual. Acho muito difícil. O Kaká é acima da média, muito acima da média", avaliou Muricy, que completou.

"Muitos jogadores cresceram demais depois da chegada dele, porque ele é exemplo de atleta, por tudo que já fez, por chegar cedo, por treinar muito... Ele é uma pessoa excepcional. Sinceramente, já trabalhei com muita gente, estou muitos anos nisso, encontrar um cara assim é difícil de substituir. No campo, tudo bem, a gente até pode encontrar outras maneiras de jogar, mas ele fará falta por ser um cara que orienta dentro de campo. Rogério é nosso líder, mas ele fica muito longe. Já o Kaká fica perto e sabe fazer bem isso", opinou.

Após deixar o Tricolor em 2003, o armador triunfou na Europa e escreveu o seu nome no futebol mundial. Em 2007, foi eleito melhor jogador do mundo pela FIFA, e ao longo dos anos acumulou diversas convocações para a Seleção Brasileira. Com o currículo carregado de conquistas, o meia-atacante se firmou na equipe são-paulina e deu novo ânimo ao time na briga por títulos na temporada.