São Paulo F.C



Tricolor viajará com o que tem de melhor

Muricy lamenta desgaste, mas revela que irá relacionar os titulares para o clássico contra o Santos

DSC_0013.JPG

Por Site Oficial / saopaulofc.net

"Até queria revelar a escalação, acontece que é preciso ter mais um dia ou até o domingo. Vai viajar todo mundo. Lá, vou escolher o time". A frase do técnico Muricy Ramalho na tarde desta sexta-feira (21), durante a coletiva de imprensa no Centro de Treinamento da Barra Funda, revela as pretensões do treinador para o clássico contra o Santos neste final de semana, em Cuiabá, pelo Campeonato Brasileiro de 2014.

Encarando uma verdadeira maratona de jogos neste segundo semestre, o treinador não tem tido vida fácil para montar o time e manter a boa fase da equipe na briga por títulos nesta reta final de temporada. "Eu gostaria de colocar todos em campo, mas é impossível. Eles estão no limite. Vou conversar com os jogadores, ver os exames que apontam o desgaste e esperar um pouco mais para definir a equipe", explicou o treinador.

Uma coisa, no entanto, é certa: o Tricolor não poderá contar com o volante Souza e o atacante Alan Kardec, que cumprem suspensão pelo terceiro amarelo na competição nacional. O atacante, inclusive, não teria condições de jogo por ter sofrido um entorse no tornozelo diante do Atlético Nacional-COL (1 x 0), pela Copa Sul-Americana, na última quarta-feira (19).

"Infelizmente, estamos pondo jogadores, porque estamos precisando, em situações complicadas. A condição física está muito afetada. Muitos estão sofrendo, mas sabiam que estávamos precisando. Só que a gente tem que ter bom senso também de reconhecer no dia a dia como eles estão. Não vou treinar mesmo, porque não tem condição de treinar. Tem que ser na base da conversa. Se eu tivesse o time descansado, seria o titular, o que vem jogando", avaliou o comandante são-paulino.

Por fim, Muricy confirmou que o capitão Rogério Ceni irá disputar o San-São. "O goleiro? Esse aí nunca quer sair. Hoje mesmo ele estava aí treinando que nem louco (risos). Viajar, ele vai. E vai jogar, porque esse aí nunca quer sair. Também... Antes de parar, ele quer aproveitar. Se parar, né? Agora eu não sei mais", finalizou o técnico do São Paulo.