São Paulo F.C



"O time precisa ser diferente, precisamos ser uma família"

Defensor são-paulino, uma das gratas surpresas de 2013, quer o time unido e firme dentro de campo

8433.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Revelado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, o jovem zagueiro Rodrigo Caio foi uma das gratas surpresas da temporada 2013. Porém, apesar de se destacar, o camisa 7 terminou o ano sem conquistas. E para mudar este cenário em 2014, o marcador são-paulino quer a equipe unida e firme dentro de campo.

"O nosso elenco é muito forte. Se for olhar os nomes, é bom, competitivo. Mas temos que dar um pouco a mais, se unir, formar uma família. A gente vê que muitos times inferiores a nós conseguem ganhar, porque são unidos", avaliou o defensor, na manhã desta quinta-feira (9), durante a coletiva de imprensa no Centro de Treinamento da Barra Funda.

"O pensamento já está diferente nessa temporada, todo mundo está querendo, se dedicando. Um deve ajudar o outro sempre. Independentemente do que aconteça, temos de estar sempre unidos para passar pelas adversidades. O time deste ano precisa ser diferente, precisamos ser uma família", completou.

De acordo com o camisa 7, que quer o time arrancando em grande estilo na estreia do Campeonato Paulista, a postura dentro de campo também tem que mudar. "Começa lá da frente. Eu, lá atrás, se vejo os atacantes marcando, acho muito positivo. Quando o time inteiro está correndo desde lá da frente, os volantes, os laterais e zagueiros vão correr mais", acrescentou.

Por fim, Rodrigo Caio vislumbra uma temporada positiva para o clube. O jogador quer manter as boas exibições do último ano, mas quer erguer troféus em 2014. "O ano de 2013 foi iluminado para mim. Eu consegui mostrar o meu potencial. Mas o ano não foi bom para o São Paulo. Espero que 2014 seja muito bom para nós dois. Queremos ganhar títulos e dar alegrias ao torcedor", finalizou.