São Paulo F.C



Autuori: "Não fomos uma equipe compacta"

Treinador avalia revés para o Coritiba, no Couto Pereira, e afirma que Tricolor jogou muito aberto

4881.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Logo após a derrota para o Coritiba, por 2 a 0, no Estádio Couto Pereira, o técnico Paulo Autuori avaliou o confronto válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013 e não aprovou a atuação da equipe, que segue na briga para deixar as últimas colocações. Durante a coletiva de imprensa, neste domingo (8), o treinador afirmou que o time jogou muito aberto e, dessa forma, possibilitou que o adversário criasse as jogadas.

"Não tem como analisar a equipe, porque não fomos uma equipe compacta. Não houve uma reação e jogamos de forma larga. Os setores ofensivo e defensivo estavam completamente separados. Prefiro colocar a realidade que a gente fez um péssimo jogo, mas essa responsabilidade eu assumo. Sou o líder do time e as decisões passam por mim. Não posso ter outra atitude e falar de um ou outro jogador, porque seria covardia da minha parte", analisou.

De acordo com o comandante são-paulino, que terá pela frente a abertura do returno contra a Ponte Preta, na próxima quinta-feira (12), no Morumbi, ainda é cedo para falar em desespero da equipe tricolor, que soma 18 pontos em 19 jogos na competição nacional.

"Desespero não é uma palavra. É um estado de espírito. E na vida a gente tem que se preparar para tudo, porque vivemos momentos positivos e negativos. O futebol te permite ganhar um ou dois jogos, mas isso não é determinante. Precisamos ter uma sequência e evitar o retrocesso, porque foi isso que aconteceu nessa partida", completou Autuori, que terá mais alguns dias para treinar o São Paulo antes do duelo contra os campineiros.