São Paulo F.C



Muricy: "Está tudo aberto"

Apesar do empate em casa, treinador afirma que Tricolor segue na briga pelas quartas de final

Universidad Católica-CHI

Por Paulo Pinto/saopaulofc.net

O gol sofrido no Morumbi, no empate com a Universidad Católica-CHI por 1 a 1, em duelo válido pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana de 2013, não desanimou o técnico Muricy Ramalho. Logo após o apito final, o treinador manteve a confiança de que os seus comandados poderão reverter o resultado no confronto de volta, no Chile.

"Está tudo aberto. Um gol lá nos classifica. É uma pedreira, esse time é perigoso em casa. O gol fora de casa ajuda muito o adversário, mas não tem nada decidido. E no emocional já estamos postados, futebol é 90 minutos ligado", avaliou o treinador são-paulino, durante a coletiva de imprensa.

Com o resultado no duelo de ida, válido pelas oitavas de final, a equipe são-paulina precisa vencer no Chile ou empatar com gols. Em caso de novo 1 a 1, como nesta quinta, a vaga será decidida nos pênaltis. Acima disso (2 a 2, 3 a 3...) a classificação ficará com os comandados do técnico Muricy Ramalho.

O segundo confronto está marcado para o dia 23 de outubro, às 20h50 (horário de Brasília), no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago. O vencedor deste duelo enfrentará Nacional de Medellín, da Colômbia, ou Bahia nas quartas de final da competição.

"No primeiro tempo, eles deram sorte de tomar um gol só. Enquanto estávamos bem na parte física, dominamos, e eles chegaram apenas no gol. Não tivemos força no segundo tempo. O time sente demais a parte física", completou.