São Paulo F.C



São-paulino desde criança, Rodrigo Caio vibra com primeiro gol

De cabeça, volante marcou pela primeira vez como profissional do São Paulo

3644.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Rodrigo Caio, indiscutivelmente, viveu uma noite especial na última quarta-feira. Especial por conseguir manter uma sequência na equipe titular, e por marcar o gol que deu a vitória ao São Paulo sobre o São Bernardo, pelo Campeonato Paulista.

> VEJA OS GOLS DA VITÓRIA TRICOLOR

Mais especial ainda quando o garoto lembra do passado, quando ainda era um torcedor mirim do Tricolor, quando começou a jogar nas categorias de base do clube e, há dois anos, quando chegou na equipe principal. Todas essas emoções explodiram após o jogo, que deu uma importante vitória à equipe e uma confiança ainda maior de todos no trabalho do jogador.

"Pra mim é muito gratificante viver um momento como esse", diz o são-paulino. "Sou são-paulino desde que nasci, sempre tive o sonho de jogar aqui, e tenho orgulho de ter chegado onde cheguei. Vim para o profissional e agora saiu meu primeiro gol, uma felicidade muito grande que não dá pra explicar. Só tenho que agradecer a todo mundo pelo apoio, força, e espero que seja o primeiro de muitos", completou o jogador, que uma hora depois da partida ainda não tinha conseguido responder a todas as 50 mensagens e ligações recebidas.

O gol saiu justamente em uma jogada no qual Rodrigo Caio é especialista. Zagueiro e volante na base do Tricolor, ele desenvolveu excelente capacidade de cabeceio, e continua treinando tanto o fundamento quanto o posicionamento para ajudar o São Paulo com gols desse tipo.

"Eu sempre me posiciono no segundo pau nesse tipo de jogada, e tive a felicidade de estar no momento certo ali. A jogada do Carleto é treinada, sempre procuramos fazer, foi um ótimo cruzamento e ainda consegui pegar o tempo certo da bola. Estava batendo na trave esse gol nos últimos jogos, e hoje (quarta-feira) tive essa felicidade", conta.

Nos últimos jogos, Rodrigo Caio tem vencido a disputa por posição na lateral-direita, setor que conta com ótimos jogadores: os experientes Douglas e Paulo Miranda (em fase final de recuperação de lesão) e o colega de base Lucas Farias. O segredo para conseguir a preferencia de Ney Franco, segundo Rodrigo, tem sido o trabalho, que está cada dia mais forte.

"Estou procurando me adaptar da melhor forma possível a essa posição. A lateral exige muito preparo físico e força, estou procurando aproveitar as oportunidades e me soltar cada vez mais. Ainda acho que estou um pouco preso pra atacar, mas isso vou pegando com o tempo", analisa.

"Independente da posição na qual eu seja escalado, quero ajudar, isso aí pra mim é o mais importante. Vou procurar trabalhar forte pra jogar, temos uma briga sadia na lateral, tem muita gente boa por ali, e vou procurar sempre dar o meu melhor para ficar à disposição do professor Ney Franco", completa.

Elogios de Ney Franco

O trabalho de Rodrigo Caio vem sendo muito bem visto pelo treinador Ney Franco. Após a partida contra o São Bernardo, o técnico fez questão de destacar o desempenho do jogador na lateral-direita e também a capacidade de Rodrigo poder atuar em outras posições.

"O Rodrigo vem em uma sequência de jogos muito boa. Hoje eu tinha algumas opções pra lateral, mas ele continuou na equipe porque realmente está jogando muito bem. Ele não está jogando na lateral-direita porque está faltando opções, mas sim porque se encaixou. Um ponto positivo é que ele me dá opção de jogar também como volante", disse Ney Franco.

O técnico deve manter Rodrigo Caio por mais uma partida, pelo menos. De acordo com o treinador, a tendência é que no próximo sábado, contra o Bragantino, não haja muitas alterações na equipe em relação à que jogou na última rodada.