São Paulo F.C



Faixa de capitão vira sinônimo de gol no Tricolor

Últimos três gols da equipe foram marcados por jogadores que estavam com ela no braço

0258.jpg

Por Rubens Chiri /saopaulofc.net

Usar a faixa de capitão do São Paulo tem significado muito mais que uma liderança dentro de campo. Tem feito de quem a usa um artilheiro. Isso ficou provado na vitória sobre o Mirassol por 1 a 0, no último domingo, fora de casa, pelo Campeonato Paulista.

No posto de capitão do Tricolor, o zagueiro Rhodolfo foi decisivo e fez o gol do triunfo são-paulino. Os três últimos gols da equipe foram marcados por capitães. No clássico contra o Santos, Luis Fabiano deixou sua marca de pênalti. Ao ser substituído, ele deu a faixa a Lucas, que fez o gol da vitória no fim do jogo.

"Não importa quem vai fazer o gol, e sim que o time possa sair com a vitória. O ataque tem de ajudar na bola parada defensiva e a gente também ali no ataque. Estamos jogando juntos e isso é fundamental", ressaltou Rhodolfo, que chegou ao segundo gol na temporada.

Desde a pré-temporada, quando Rogério Ceni lesionou o ombro direito, o técnico Emerson Leão avisou que o São Paulo teria de ter mais de um líder dentro de campo. E é exatamente isso que está acontecendo. Do elenco atual, Denis, Rhodolfo, Lucas e Luis Fabiano já foram capitães da equipe em 2012.

Neste ano, Rhodolfo foi capitão em dez jogos. Com a camisa do São Paulo, foram 12 vezes. No período, ele colecionou cinco vitórias, cinco empates e duas derrotas. O gol diante do Mirassol foi o primeiro do zagueiro com a faixa no braço.