São Paulo F.C



CBF anuncia data de retorno para o Brasileirão Feminino

A previsão é que o time principal terá competição terminando em dezembro de 2020, enquanto Sub-18 entrará em campo apenas em 2021

2042.JPG

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou, na última sexta-feira (17), o calendário revisado das competições femininas para a temporada de 2020/21. As novas datas foram ajustadas devido à paralisação dos torneios por conta da pandemia de Covid-19. A programação feita pela Diretoria de Competições contempla a continuidade do Brasileiro Feminino A-1 e da série A-2, além do início das competições de base do Brasileiro Sub-18, Sub-16 e Sub-14.

Com reinício previsto para o dia 26 de agosto, Brasileirão A-1, no qual o Tricolor Paulista disputa, manterá seu formato original. A competição tem previsão de término para o dia 6 de dezembro de 2020. Antes da paralisação, o torneio foi disputado até a metade da quinta rodada. Com duas vitórias do São Paulo, sendo uma delas sobre o Corinthians, que não perda há 48 rodadas oficiais, um empate e duas derrotas. Restarão 11 datas para o fim da primeira fase. 

Duelando entre si em grupo e turno único, onde todos os clubes se enfrentam, avançam para a 2ª fase os 8 melhores colocados, que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final. Atualmente, o time comandado pelo técnico Lucas Piccinato está na nona posição, com 7 pontos. O São Paulo deve receber o Minas Icesp, do Distrito Federal, no dia 30 de agosto, ainda a ser conformado.

CATEGORIAS DE BASE FEMININA:

Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18

- Início: 6 de janeiro de 2021

- Final: 28 de fevereiro de 2021

Formato: 6 grupos de 4 clubes, com os clubes jogando em ida e volta dentro de cada grupo; os 8 melhores avançam e formam 2 grupos de 4 clubes, jogando em turno único dentro do grupo; os 4 melhores avançam e jogam semifinal e final em sistema de ida e volta;

Campeonato Brasileiro Feminino Sub-16

 - Início: 2 de outubro de 2020

- Final: 11 de outubro de 2020

TESTES DE COVID:

A Confederação Brasileira de Futebol contratou o Hospital Israelita Albert Einstein para a realização da testagem de Covid-19 para o retorno das competições nacionais. O objetivo é garantir padronização e alto grau de confiabilidade aos testes realizados, que serão integralmente custeados pela CBF.

Inicialmente, o acordo abrange as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil, os Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, o Brasileirão Sub-20 e a Copa do Nordeste. O método de diagnósticos para a detecção será o molecular (RT-PCR) e o objetivo é realizar a testagem total nas equipes antes de cada rodada das competições.

O protocolo prevê que os jogadores farão o exame três dias antes e terão o resultado na véspera da partida. A partir daí, a CBF recomendará aos departamentos médicos dos clubes o afastamento imediato daqueles que tiverem a presença do vírus constatada no organismo. Os procedimentos acompanham a constante evolução das pesquisas científicas, que resulta na disponibilização de testes em escala.