São Paulo F.C



São-paulinas vencem e garantem liderança do Grupo A, no Paulistão

Em duelo bastante equilibrado, Larissa Santos marcou o gol Tricolor aos 44 minutos do segundo tempo e decretou a vitória sobre a Ferroviária, em Araraquara

Ferroviária x SPFC.jpg

Por Renata Lutfi / saopaulofc.net

O São Paulo viajou para Araraquara, onde, na manhã desta quarta-feira (11), enfrentou a Ferroviária, na Arena da Fonte Luminosa, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista Feminino. Já classificados para a próxima fase, os dois times fizeram um duelo equilibrado, que valia uma melhor colocação no grupo e classificação geral. E deu São Paulo. Aos 44 minutos do segundo tempo, Larissa Santos colocou 1 a 0 no placar e garantiu os 3 pontos. 

Mesmo com a sobrecarga de jogos, em meio às semifinais do Campeonato Brasileiro, em que o Tricolor perdeu por 3 a 1 em Barueri, e tentará no próximo sábado (14), reverter o placar em Florianópolis, diante do Avaí Kindermann, o técnico Lucas Piccinato foi com as atletas que mais tem atuado na temporada para o jogo, com isso, iniciou com Carla, Giovana, Thais Regina, Gislaine, Natane, Kamilla, Roberta, Yaya, Carol, Duda e Glaucia. 

O São Paulo já havia enfrentado uma vez a Ferroviária em 2020, pelo Campeonato Brasileiro, na primeira fase, sendo derrotado por 2 a 1, de virada. Na ocasião, o time estava sendo comandado por Thiago Viana e sua comissão técnica, por afastamento de Covid na comissão técnica principal. Com a bola rolando, nesta quarta-feira, mais um jogo equilibrado, de muita marcação e tentativas no contra-ataque. 

A Ferroviaria começou melhor, tendo duas oportunidades na área, mas o Tricolor reagiu e começou a dominar a partida, com mais posse de bola. As chances começaram a aparecer do meio para o fim do tempo, com Duda, Carol, Yaya e Glaucia. Gislaine tentou de cabeça nos escanteios, mas o placar ficou em 0 a 0. 

Na segunda etapa, o São Paulo voltou com a mesma formação e com a mesma linha alta de marcação e pressão, segurando a Ferroviária no campo de defesa e tentando achar o último passe para finalizar. Aos 15 minutos, Dani e Mylla entraram no lugar de Natane e Duda, respectivamente. Aos 20 minutos, Mylla encontrou Carol no meio da área e Luciana saiu mal, dando rebote, na sobra, a camisa 7 fez o gol, mas a bandeira assinalou impedimento, muito contestado pelo São Paulo. No lance seguinte, falta dura de Daiane, da Ferroviária, que já tinha cartão amarelo e foi expulsa. Aos 30, Kamilla e Roberta saíram, entrando Larissa Santos e Cris. Na última pausa para substituição, saíram Gislaine e Carol, entrando Lauren e Jaqueline. 

Quando a partida se encaminhava para os minutos finais, aos 44 minutos, Giovana fez um lindo cruzamento para a área, na medida para Larissa Santos abrir o placar, 1 a 0. O São Paulo segurou o placar até o fim e terminou na primeira colocação do Grupo A, esperando a definição dos demais jogos para conhecer a colocação geral e o confronto das quartas de final. 

Pela data base da Federação Paulista de Futebol, os duelos das quartas de final devem acontecer nos dias 18 e 25 de novembro, ainda sem horários e locais definidos. Antes disso, o São Paulo jogará a segunda partida da semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino, neste sábado (14), às 14h, na Ressacada, em Florianópolis, diante do KIndermann, precisando vencer por dois gols para levar a decisão para os pênaltis, ou mais, se classificando direto para as finais. A partida será transmitida pela TV Bandeirantes e pela ESPN.  

FICHA TÉCNICA:

Escalação: Carla, Giovana, Thais Regina, Gislaine (Lauren) Natane (Dani), Kamilla (Larissa Santos), Roberta (Cris), Yaya, Carol (Jaqueline), Duda (Mylla) e Glaucia

Técnico: Lucas Piccinato