São Paulo F.C



Tricolor terá que buscar resultado no Pacaembu pelo Brasileiro Feminino A2

Na primeira partida das quartas de final do torneio, são-paulinas foram derrotadas pelo placar mínimo, em cobrança de pênalti

Taubaté x São Paulo

Por Renata Lutfi/saopaulofc.net

Neste domingo (14), o São Paulo iniciou o duelo com o Taubaté pela vaga na série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino. Nos primeiros noventa minutos, no Estádio Joaquinzão, em Taubaté, o Tricolor foi derrotado por 1 a 0, agora, os 90 minutos finais, são  no Pacaembu, dia 21, às 15h. O São Paulo precisa vencer e conta com sua torcida, a entrada é gratuita.

Sem ainda poder contar com a goleira Rubi, com estiramento grau 2 no reto femoral, a atacante Cristiane, com lesão de grau dois no músculo posterior da perna direita, Roberta em recuperação pós cirúrgica no tendão de Aquiles e Giovana, que se recuperando de cirurgia por fratura pé, o técnico Lucas Piccinato escalou o São Paulo com Carla, Bruna, Thais, Rayane, Andressa, Yaya, Ary, Natane, Ottilia, Valéria e Jaqueline.

A partida, válida pelas quartas de final do torneio, colocou frente a frente duas equipes invictas no Brasileirão A2, porém, com vantagem do São Paulo, que em sete jogos, somava sete vitórias, enquanto o time da casa tinha seis vitórias  e um empate, fazendo com que o Tricolor tenha a vantagem de decidir em casa. Quem passar para a semifinal já se garante na sonhada A1.

Com a bola rolando, o São Paulo começou melhor a partida, em jogadas abertas pelas matérias, surgiram boas finalizações, mas nenhuma virou gol. Dos 15 minutos em diante, o jogo era só de ataques do Taubaté e defesa Tricolor. Carla fez boas defesas. A partida também era marcada pelo alto número de faltas e excesso de força nas chegadas no meio de campo, que tentavam ser contornadas pela arbitragem.

No segundo tempo, o Tricolor novamente iniciou mais agudo no ataque, mas pouco depois o Taubaté chegou em sequência com perigo. Aos 15 minutos, Larissa Santos entrou na vaga de Andressa. O São Paulo chegou a abrir o marcador, mas a bandeira assinalou falta na goleira. Depois Piti foi para o jogo no lugar de Natane. O Taubaté chegou ao primeiro gol de pênalti, após a arbrita marcar mão de Yaya na bola, dentro da área.

Atrás no marcador, o São Paulo começou a buscar alternativas pro empate. Chaiane substituiu a zagueira Rayana. Valéria partiu para o contra-ataque e só foi parada com falta, que resultou na expulsão da zagueira adversária. O Tricolor cresceu no jogo, mas não foi o suficiente para igualar o placar.

No próximo domingo, dia 21 de julho, às 15h, o São Paulo recebe o Taubaté no Pacaembu, com entrada gratuita aos torcedores. A partida terá transmissão na plataforma Mycujoo, como determina a CBF. 

FICHA TÉCNICA:
Escalação: Carla, Bruna, Thais, Rayane (Chaiane), Andressa (Larissa Santos), Yaya, Ary, Natane (Piti), Ottilia, Valéria e Jaqueline.
Técnico: Lucas Piccinato