São Paulo F.C



São Paulo termina primeira fase do Paulista feminino líder e invicto

Em jogo atípico, Tricolor empata com gols de Maiara, Larissa Santos e defesas de Ary, camisa 10, que fechou o gol nos nove minutos finais

WhatsApp Image 2019-06-15 at 11.00.11.jpeg

Por Renata Lutfi / saopaulofc.net

Para fechar a primeira fase do Campeonato Paulista Feminino, o São Paulo entrou em campo na manhã deste sábado (15), diante do Audax, no Estádio José Liberatti, em Osasco, para tentar fechar as dez primeiras rodadas invictas. Já garantidas como líderes do Grupo 1, as são-paulinas empataram em 2 a 2, com gols de Maiara e Larissa Santos, em jogo que terminou com Ary, a camisa 10 do time, no gol. 

Para a partida, o técnico Lucas Piccinato não pode contar com a as atacantes Ottilia, por terceiro cartão amarelo, e Valéria, além da zagueira Rayane, que tratam pancada na panturrilha e no joelho. Seguem fora Giovana, que operou os ligamentos do pé, após pisão no duelo diante do Palmeiras, Roberta, que está em reabilitação após cirurgia no tendão de Aquiles, e Cristiane, que está com a Seleção Brasileira, disputando a Copa do Mundo, na França.

O comandante aproveitou para fazer algumas mudanças no time e dar oportunidade para atletas que atuaram menos vezes durante a temporada, junto com outras que vêm atuando com frequência: Rubi, Andressa, Maiara, Thaís, Dyneffer, Natane, Ary, Driely, Jaqueline, Piti e Larissa Santos. Além disso, colocou mais jogadoras como opção no banco. 

Com a bola rolando, o jogo começou truncado e faltoso, muito concentrado no meio de campo, de poucas oportunidades no ataque para os dois lados. O Audax chegou por uma vez, mas Rubi faz ótima defesa. Aos 27 minutos, Ary cobrou escanteio e Maiara chegou bem de cabeça, anotando seu primeiro gol no profissional do São Paulo.

Após o gol, o jogo melhorou bastante, ficou muito mais aberto e com oportunidades para os dois lados, bolas na trave e grandes defesas das goleiras eram vistas, mas faltas continuavam recorrentes. Já nos acréscimos, Ary roubou a bola, passou para Natane, que cruzou para Larissa Santos fazer o dela, o quarto na competição, 2 a 0.

Para o segundo tempo, Lucas Piccinato voltou com Jaja e Chaiane nas vagas de Andressa, que machucou a mão no primeiro tempo, e Natane. Aos 17 minutos, saiu Jaqueline para entrar Larissa Rocha. O Audax diminuiu em jogada aérea pouco depois, 2 a 1. O time de Osasco chegou ao empate após cobrança de pênalti. Para renovar o fôlego e tentar retomar a vitória, entraram Milena, Kathleen e Zizi, saindo Larissa Santos, Piti e Maiara.

Quando o jogo se encaminhava para os instantes finais, Rubi sentiu a coxa direita e teve que sair da partida. Sem mais substituições a serem feitas, Ary foi para o gol. A camisa 10 fez quatro defesas e cadenciou o jogo, segurando os nove minutos de acréscimos dados pelo árbitro. 2 a 2, um ponto somado e invencibilidade mantida. 

Comandadas pelo técnico Lucas Piccinato não sabem o que é perder em 2019 com a camisa do São Paulo. Compondo o Grupo 1, somam 22 pontos em dez jogos, empatando uma com o Palmeiras, uma com o Audax e outras duas com a Ferroviária. No Campeonato Brasileiro A2, as são-paulinas estão nas quartas de final, somando só vitórias. Foram 17 jogos no total, sem derrota. 

A vantagem de terminar em primeiro é continuar somando pontos para as próximas fases, para quando chegar na fase mata-mata (terceira fase), poder decidir em casa. Apenas o Corinthians, que está no Grupo 2, tem melhor campanha geral até então. 

O torneio Estadual terá uma pausa, assim, as meninas ganharão folga até 25 de junho. O próximo compromisso agendado será o Brasileiro A2, diante do Taubaté, no interior Paulista, na primeira partida válida pelas quartas de final do torneio. O Paulistão tem retorno previsto apenas para agosto, e o grupo Tricolor será formado por Santos, São José e Palmeiras.

Ficha Técnica

Rubi, Andressa (Jaja), Maiara (Zizi), Thaís, Dyneffer, Natane (Chaiane), Ary, Driely, Jaqueline (Rocha), Piti (Milena) e Larissa Santos (Kathleen)

Técnico: Lucas Piccinato