São Paulo F.C



São-paulinas empatam na primeira semifinal do Paulistão Sub-17

Diante da Ferroviária, Tricolor busca empate no último minuto, em Araraquara; Vaga para final será decidida em Osasco, no domingo, dia 24, às 15h

9423.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

O São Paulo iniciou a busca por uma vaga na final do Campeonato Paulista Feminino Sub-17 na tarde desta quarta-feira (20), em Araraquara, diante da Ferroviária. No primeiro jogo válido pela semifinal, o Tricolor saiu atrás no marcador, mas buscou o empate no último minuto, empatando em 1 a 1. O jogo de volta acontece no dia 24 de novembro, às 15h, em Osasco, com mando de campo do São Paulo.

Para os primeiros 80 minutos, fora de casa, o técnico Thiago Viana optou por iniciar a partida com Marcelle; Tay, Lauren, Moura, Clara; Rafa, Cris e Emily; Pérola, Japa e Giovaninha. O comandante sabia que o jogo seria duro. As duas equipes já haviam se encontrado na segunda fase do torneio e em ambas o São Paulo havia vencido pelo placar mínimo, 1 a 0.

No terceiro encontro, não foi diferente. Os dois times mostravam suas qualidades, mas o São Paulo conseguia chegar mais ao ataque, com mais perigo. Emily dava trabalho para a zaga e para a goleira da Ferroviária, mas foi o time da casa que abriu o placar, na primeira boa jogada na grande área. Após lançamento, Flávia tocou na saída de Marcelle, aos 22 minutos.

Sob forte chuva, o Tricolor voltou para o segundo tempo com Isa e Yaya nas vagas de Pérolla e Japa, respectivamente. As duas entraram e mantiveram o bom ritmo do São Paulo no ataque. O São Paulo se manteve no ataque por 25 minutos, com Yaya arriscando de dentro e de fora da área, mas a bola teimava em não entrar, mesmo sendo superior na partida. Duda entrou na vaga de Rafa e Marques na de Emily.

Quando o jogo já se encaminhava para os acréscimos e parecia que o Tricolor teria que que buscar o resultado em Osasco, no final de semana, o gol saiu, aos 43 minutos. Giovaninha cobrou escanteio e Duda desviou de cabeça. A bola ainda bateu na defesa da Ferroviária antes de entrar. Segundo antes, Thiago Viana foi expulso pelo árbitro por reclamação e não estará no banco de reservas na próxima semana.

O São Paulo, que busca o tricampeonato consecutivo, tem a melhor campanha do torneio até então. Na primeira fase, o Tricolor venceu os seis jogos que disputou, fazendo 18 pontos, 24 gols e levando apenas quatro. Na fase seguinte, a pontuação se repetiu, 18 pontos, com 23 gols feitos e apenas um levado. Assim, no total, com o empate na primeira partida da seminifinal, o saldo de gols são-paulino é de 42, com 37 pontos.

A melhor campanha dá o direito ao São Paulo de disputar a vaga para a final em casa, assim como, se passar, disputar a final única em seus domínios. Para chegar a grande final, o São Paulo precisará de um empate em Osasco, levando a decisão para os pênaltis, ou de uma vitória simples para levar a vaga no tempo regulamentar. O jogo acontece dia 24, às 15, com entrada franca para os torcedores e transmissão da FPF Tv.

FICHA TÉCNICA:

Escalação: Marcelle; Tay, Lauren, Moura, Clara; Rafa (Duda), Cris, Emily (Marques); Pérola (Isa), Japa (Yaya) e Giovaninha

Técnico: Thiago Viana