São Paulo F.C



São Paulo é vice-campeão paulista feminino

No primeiro ano do novo projeto da modalidade, Tricolor chegou em todas finais de torneios que disputou

O São Paulo tinha a difícil missão de virar a derrota sobre o Corinthians, em Itaquera, para sair com o título paulista feminino neste sábado (16). Porém, o Tricolor não conseguiu superar as adversarias e saiu com o vice-campeonato, após ser derrotado por 3 a 0. 

Com torcida única, o futebol feminino viveu um dia histórico, com mais de 28 mil pessoas no estádio, sendo o maior público em um estádio para acompanhar uma partida de dois clubes na categoria feminina. O São Paulo precisava virar o revés de 1 a 0, que o time alvinegro havia feito no Morumbi.

Para o duelo, o técnico Lucas Piccinato não pode contar com Cris, suspensa pelo terceiro cartão amarelo, mas, em contrapartida, voltou a ter Ary, que não atuou na primeira partida por estiramento no cotovelo. 

Com isso, o Tricolor foi a campo com Carla, Antônia, Bruna, Thais e Natane; Yaya, Ary, Brenda, Jaqueline, Valéria e Cristiane. Visivelmente nervosas, as atletas não conseguiam impor seu ritmo de jogo e trocar passes, errando na saída de bola. Com 5 minutos o Corinthians abriu o placar com Victória Albuquerque, e chegou a ampliar, mas estava impedido.

O time da casa dominou os primeiros 20 minutos. Depois, o São Paulo "entrou" na partida, achando oportunidades pelas laterais. A melhor jogada apareceu com 35 minutos, com Brenda finalizando, mas a goleira alvinegra defendeu. Aos 44 minutos, Valéria arriscou da entrada da área, mas a bola saiu pela linha de fundo, a direita da trave. 

Sem substituições no intervalo, o Tricolor começou atacando, mas, no erro, novamente, armou o contra ataque corintiano, que trocou passes até chegar na área e ampliar, 2 a 0. Lucas fez a primeira substituição aos 10 minutos, colocando Giovana na vaga de Jaqueline. O São Paulo não desistia, e como no primeiro tempo, se apresentava melhor após os 20 minutos. Cris chegou, mas o chute foi travado. No rebote, Brenda finalizou pra fora. Aos 35 minutos, o Corinthians fez 3 a 0, decretando a vitória. Roberta entrou na vaga de Bruna, enquanto Andressa substituiu Brenda, mas o placar não se alterou. 

No primeiro ano do novo projeto do Futebol Feminino Tricolor, a equipe são-paulina encerra a temporada com o acesso para a Série A1 do Brasileiro, o título nacional da Série A2, o vice-campeonato Paulista e da Copa Paulista, tendo assim, chegado em todas as finais de torneios que disputou com o time principal. 

FICHA TÉCNICA

Escalação: Carla, Antônia, Bruna (Roberta), Thais e Natane; Yaya, Ary, Brenda (Andressa), Jaqueline (Giovana), Valéria e Cristiane
Técnico: Lucas Piccinato